Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 17 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Cooperaçäo/ Palácio de Justiça entregue às autoridades guineenses

2016-01-26

(ANG) – O embaixador da China na Guiné-Bissau disse hoje que espera mais cooperações técnicas, diplomáticas mutuamente vantajosas entre o seu país e a Guiné-Bissau no futuro.



Wang Hua fez esta declaração durante a cerimonia da inauguração e entrega do palácio da justiça ao Estado da Guiné-Bissau.

O diplomata chinês considerou que o projecto ora entregue ao país simboliza uma construção entre um grande leque de obras orientadas para a materialização dos ideais de Amílcar Cabral para a independência e o desenvolvimento do seu povo.

“A independência do povo guineense não se limita numa independência política. Também requer uma independência económica, educacional e da saúde”, defendeu.

Wang Hua disse que o desenvolvimento não significa simplesmente ter construções e realizações de alguns projectos no país, mas que tem que ser traduzido em mais empregos para o povo e melhor sistema de educação, de saúde, de habitação e de condições de vida para toda a população.

Segundo este diplomata chinês, as metas do desenvolvimento so se atingem na base de um consenso entre o povo guineense e a Comunidade Internacional e com vontade política de virar a página da história do país.

A cooperação entre a China e a Guiné-Bissau esteve ultimamente na origem da edificação de obras como o Palácio do Povo (ANP), habitação para os antigos combatentes guineenses, Palácio do governo e a a reabilitação do palácio da República.

ANG/FGS/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw