Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 15 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


ONU lamenta recuo no diálogo com Israel

2016-02-08

(ANG)- O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, declarou estar “envergonhado” com a ausência de progressos na resolução do conflito israelo-palestiniano durante o seu mandato, no decurso de uma conferência pública realizada sexta-feira em Londres.



“Sinto-me culpado e envergonhado pela falta de progresso registado”, declarou o responsável da ONU em resposta a uma pergunta, no decurso da conferência co-organizada pela associação britânica para as Nações Unidas e o centro de reflexão Catham House.

“Fundamentalmente, a responsabilidade de pôr termo a este conflito cabe aos dirigentes israelitas e palestinianos", disse, sublinhando que não existe outra alternativa que não seja viverem em conjunto.

“Ponhamos fim a esta situação, deixemos crescer os jovens palestinianos sem ódio”, reclamou Ban Ki-moon que, na semana passada, considerou que os palestinianos estão a perder a esperança e definiu como” sufocante” a ocupação israelita.

Ban Ki-moon apelou para o recomeço das negociações israelo-palestinianas, que se encontram num impasse há vários anos.

Face às críticas que recebeu pelas suas declarações mais recentes, em particular por parte do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, o responsável da ONU recordou que não trabalha “para um país em particular ou uma política em particular, mas para as pessoas da região”.ANG/Jornal de Angola


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw