Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 22 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Economia
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Pescas/ Eurodeputados defendem necessidade de apoiar a pesca artesanal

2016-02-12

O chefe da missão dos 10 eurodeputados que se encontravam de visita no país para constatar "in loco" as actividades pesqueiras, defendeu a urgente necessidade de apoiar o desenvolvimento da pesca artesanal na Guiné-Bissau com finalidade de criar mais emprego.



Em declarações à imprensa, após a visita que a missão efectuou na quinta-feira às instalações pesqueiras de alto Bandim, em Bissau, João Ferreira disse que o objectivo principal da visita é de conhecer o terreno e o estado da implementação do protocolo de acordo das pescas entre a Guiné-Bissau e a União Europeia para os anos 2014/ 2017.

O chefe da missão dos eurodeputados disse ainda que numa das reuniões do parlamento português , decidiram que será fundamental apoiar o desenvolvimento da pesca artesanal na Guiné-Bissau de modo a criar mais emprego e gerar mais riquezas.

"A missão sai daqui com a ideia de que é possível levar a pesca guineense adiante. Para isso, vamos dar o máximo para convencer o parlamento europeu e as organizações da União Europeia no sentido de apoiarem o desenvolvimento da pesca na Guiné-Bissau", prometeu o chefe da missão.

João Ferreira mostrou-se esperançado no funcionamento do serviço de inspecção do pescado e acredita que poderá evitar os obstáculos que possam impedir a exportação do pescado guineense ao mercado europeu.

Por sua vez, o Secretario de Estado das Pescas e Economia Marítima, Ildefonso Barros disse que a instabilidade política verificada desde Agosto do ano findo motivou os atrasos no desenvolvimento do sector e do país em geral.

Barros explicou que a instituição que dirige tem em manga a aquisição de seis máquinas para conservação de peixes de modo a facilitar e desenvolver as actividades pesqueiras na Guiné-Bissau.

Acrescentou que para além das seis maquinas que estão para adquirir vai igualmente inaugurar duas nas próximas semanas ou seja uma na cidade de Buba e a outra na cidade de Cacheu.

O governante prometeu dar apoio às mulheres que fazem trabalhos de transformação do pescado, acrescentando que as mulheres que produzem bacalhau vão igualmente beneficiar de equipamentos que vão aliviar os seus trabalhos.

A missão de eurodeputados terminou quinta-feira a sua visita de Quatro dias no pais, realizada no quadro do protocolo de acordo assinado entre a Guiné-Bissau e a União Europeia na área das pescas.ANG/AALS/AC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw