Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 26 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Justiça
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Buba

Adolescente de 17 anos põe termo à vida

2015-07-20

(ANG) - O suicídio duma adolescente de 17 anos, de nome Deusa Mendes, esta semana no bairro de “Holanda”, em Buba, “surpreendeu” os habitantes deste sector do sul do país.



De acordo com os relatos feitos domingo à ANG por um professor local, Bacar Bassi Djassi , amigo da família da malograda, tudo terá começado através duma discussão desta com o irmão mais novo, tendo os pais criticado a conduta do irmão mais novo.

Apesar dessa intervenção dos pais a malograda Deusa Mendes disse aos pais que o irmão mais novo “sucessivamente” discutia com ela, por permissão e cumplicidade deles.

“De seguida, foi chamada ao almoço com a família, por volta das 14 horas, ao que respondeu que não ia comer”, explicou Djassi que cita os pais, acrescentando que depois ela foi a dispensa, na zona traseira da casa, onde se enforcou com uma corda amarrada no tecto.

De acordo com vários testemunhos recolhidos pelo enviado da ANG à Buba, a família se encontrava num estado de “choque” sobretudo, a mãe que também fez tentativas para se suicidar.

O repórter da ANG que se encontrava naquela cidade ainda apurou junto duma fonte local que a malograda estudava 9ª classe, participou e foi a melhor atleta da região de Quinara nos Jogos Escolares que decorreram recentemente em Bissau, tendo sido premiada com um Certificado de Mérito.

Segundo uma prima da vítima, a família levou o cadáver para a vila de Canhob, sector de Canchungo (norte), na localidade natal dos pais, onde foi sepultada. De acordo com um residente em Buba, um caso do género aconteceu há quatro anos neste concelho, onde uma mulher que aparentava ter mais de 40 anos se enforcou, no bairro “Alto”, por razões desconhecidas. A mulher, segundo esta fonte, era vendedeira de vinho e morava nomeadamente, com um filho que já atingia a maioridade.

O Sector de Buba, capital da região de Quinara e da Província Sul, dada a sua importância económica, está a registar um crescimento populacional “rápido”, contando actualmente com pouco mais de vinte e um mil habitantes.

ANG/QC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw