Select Page

Vaticano/Papa diz que “vil ataque” em Moscovo é “acto desumano que ofende a Deus”

Vaticano/Papa diz que “vil ataque” em Moscovo é “acto desumano que ofende a Deus”

(ANG) – O Papa Francisco condenou no domingo, durante a oração do Ângelus, o “vil ataque terrorista” da última sexta-feira em Moscovo, que causou pelo menos 133 mortos, descrevendo-o como “um acto desumano que ofende a Deus”.

“Empenho as minhas orações pelas vítimas do vil ataque terrorista perpetrado em Moscovo. Que o Senhor os acolha em paz e conforte as suas famílias”, disse o pontífice, após a missa do Domingo de Ramos, diante dos mais de 25 mil fiéis reunidos na Praça de São Pedro.

Francisco também expressou a esperança de que “isso converta os corações daqueles que protegem, que organizam e praticam esses actos desumanos que ofendem a Deus, que ordenou ‘Não matarás’”.

O apelo do Papa, que leu o texto embora durante a missa anterior do Domingo de Ramos tenha decidido não fazer a homilia, coincide com o dia de luto que a Rússia vive hoje pelas vítimas do ataque à popular sala de concertos Crocus City Hall, nos arredores da capital russa.

Segundo os últimos dados divulgados pelas autoridades, o ataque terrorista provocou pelo menos 133 mortos, incluindo três crianças, e 152 feridos.

A maioria dos feridos está hospitalizada e quase 50 está em estado grave.

Desde as primeiras horas da manhã, os moscovitas levam flores ao local do ataque, na cidade de Krasnogorsk, a cerca de 20 quilómetros do centro da capital russa.

Um grupo de homens armados invadiu na sexta-feira a sala de espectáculos Crocus City Hall, em Krasnogorsk, nos subúrbios de Moscovo, abrindo fogo sobre os presentes no auditório.

Ao tiroteio seguiram-se várias explosões de bombas que provocaram um grande incêndio e dificultaram a retirada do público.

O grupo fundamentalista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque, afirmando que este se insere no contexto da “guerra violenta” entre o grupo e “os países que lutam contra o Islão”.

As autoridades ucranianas negaram, desde a primeira hora, qualquer envolvimento no ataque. ANG/Inforpress/Lusa

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930