Select Page

CAN 2023/ Costa do Marfim defronta a Nigéria na final

CAN 2023/ Costa do Marfim defronta a Nigéria na final

(ANG) – A Costa do Marfim e a Nigéria vão medir forças no próximo domingo, 11 de Fevereiro, na final do Campeonato Africano das Nações de futebol que decorre em território marfinense.

O cartaz da final já é conhecido e vai ser um reencontro entre marfinenses e nigerianosque se defrontaram na fase de grupos deste CAN 2024.

Se Cabo Verde foi derrotado pela África do Sul na marcação das grandes penalidades nas quartas-de-final, a Nigéria conseguiu ultrapassar a eliminatóriae vencer essa especialidade sul-africana.

O jogo foi equilibrado durante a primeira parte e nenhuma das equipas conseguiu abrir o marcador. No intervalo, com o empate sem golos, já se perspectivava um desfecho nas grandes penalidades, mas a segunda parte trouxe emoção a dobrar.

Aos 67 minutos, o capitão da Nigéria, William Paul Troost-Ekong, abriu o marcador ao concretizar uma grande penalidade.E a história à volta das grandes penalidades começou precisamente nessa altura.

Aos 85 minutos, o avançado nigeriano Victor Osimhen marca um segundo tento e pensa que dessa forma ofereceu o apuramento à Nigéria… Mas não foi o caso. O VAR foi activado e a decisão foi estrondosa: o golo de Victor Osimhen foi anulado devido a uma falta na área nigeriana sobre um jogador sul-africano na acção precedente.

Golo anulado para a Nigéria egrande penalidade a favor da África do Sul que Teboho Mokoena não desperdiçou.

O encontro dirigiu-se para o prolongamento, visto que o empate a uma bola permaneceu até ao apito final.

Durante o prolongamento, as duas equipas não marcarame o defesa sul-africano Grant Kekana foi expulso aos 115 minutos, mas isso pouco ou nada mudou a menos de cinco minutos do fim do tempo adicional.

A marcação das grandes penalidades ia então definir o vencedor.

Ronwen Williams, o guarda-redes sul-africano que defendeu quatro tentativas cabo-verdianas, não foi o herói desta vez, pois não realizou nenhuma defesa.

 ANigéria acabou por vencer por 4-2 e o herói foi o guarda-redes nigeriano,Stanley Nwabali , que defendeu dois remates dos ‘Bafana Bafana.

Pela oitava vez na história, os ‘Super Eagles’ chegam à final, onde apenas venceram três das sete finais.

A Costa do Marfim, país anfitrião, que venceu o Senegal nas grandes penalidades por 5-4, após o empate a uma bola no fim do tempo regulamentar e do prolongamento, e que derrotou o Mali por 2-1 no prolongamento, conseguiu arrecadar um triunfo nos 90 minutos do tempo regulamentar.

No Estádio Olímpico de Ebimpé, em Abidjan, a capital económica, os marfinenses apontaram um único tento aos 65 minutos pelo avançado Sébastien Haller. Um golo suficiente para derrotar a República Democrática do Congoque não pareceu ter frescura física para resistir aos ‘Elefantes’.

Quinta final para a Costa do Marfim, que venceu duas e perdeu outras tantas

A Nigéria e a Costa do Marfim nunca se defrontaram numa final do CAN. No entanto, entre jogos amigáveis e oficiais, já houve 22 partidas, os nigerianos venceram sete, os marfinenses triunfaram igualmente em sete encontros, e também houve oito empates.

Um jogo que promete ser equilibrado dentro das quatro linhas, mas que nas bancadas será totalmente desequilibrado a favor do país anfitrião, a Costa do Marfim.

De notar queas duas equipas já se defrontaram neste CAN, durante a fase de grupos, num encontro em que a Nigéria venceu por 1-0 no Grupo A.

A final do Campeonato Africano das Nações de futebol decorre a 11 de Fevereiro no Estádio Olímpico de Ebimpé em Abidjan, em território marfinense. ANG/RFI

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31