Select Page

China Popular/ Governo acusa navios filipinos de “violarem a sua soberania” em águas disputadas

China Popular/ Governo acusa navios filipinos de “violarem a sua soberania” em águas disputadas

(ANG) – O Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês acusou hoje navios filipinos de “violarem a soberania chinesa” após entrarem em águas disputadas adjacentes ao atol de Scarborough, em mais um incidente no Mar do Sul da China.

Em conferência de imprensa, o porta-voz da diplomacia chinesa, Lin Jian, acusou os navios filipinos de “intrusão”.

Lin disse que a guarda costeira da China, que informou mais cedo ter expulso dois navios oficiais das Filipinas, um dos quais pertencente à guarda costeira do país insular, desempenhou as suas funções “de acordo com a lei e garantindo a integridade territorial da China”.

“Exortamos as Filipinas a pararem imediatamente com estas provocações e a não desafiarem a firme determinação da China em defender a sua soberania”, acrescentou o porta-voz.

Este incidente segue-se ao do mês passado, quando Pequim alegou que 34 cidadãos filipinos “desembarcaram ilegalmente” em Sandy Cay (conhecida na China como Tiexian), outra ilha no mar do Sul da China cuja soberania é disputada pela China e pelas Filipinas, entre outros países.

Estas águas, fundamentais para o comércio marítimo mundial e ricas em recursos naturais, foram palco de vários confrontos entre navios chineses e filipinos nos últimos meses.

As autoridades chinesas reivindicam quase todo o Mar do Sul da China, incluindo os arquipélagos de Paracel e Spratly, uma reivindicação que se sobrepõe às zonas económicas exclusivas de 200 milhas de países como as Filipinas, o Vietname e a Malásia, ao abrigo do direito internacional.

O Presidente filipino, Ferdinand Marcos Jr., reforçou os laços de defesa com os Estados Unidos e criticou Pequim pelas reivindicações de soberania no Mar do Sul da China.

Pequim alega razões históricas, mas em 2016 o Tribunal Permanente de Arbitragem confirmou a reivindicação de Manila contra as pretensões das autoridades chinesas, uma decisão que a potência asiática se recusou a cumprir. ANGLusa

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Anúncio – Participe do FGI

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30