Select Page

Cooperação/Presidente de República anuncia possibilidade de abertura da Embaixada nos Emirados

Cooperação/Presidente de República anuncia possibilidade de abertura da Embaixada nos Emirados

(ANG) – O Presidente de República anunciou a  possibilidade de abertura da Embaixada da Guiné-Bissau em Dubai(Emirados Árabes Unidos) com o objectivo de facilitar a situação dos emigrantes que guineenses naquele país.

Sissoco Embaló falava em Dubai durante um encontro com os emigrantes guineenses que vivem  naquele país, que está localizada  ao longo da costa sul do golfo pérsico na península Arábica na Ásia, no âmbito da sua participação na reunião do CO 28 sobre meio ambiente.


O chefe de Estado guineense informou que, o processo de negociação  da questão de abertura de Embaixada em Dubai, já está sendo tratado com o Governo dos Emirados Árabes Unidos.

Sobre as questão de pedido de voo directo de Guiné-Bissau para Dubai por parte dos emigrantes, o Presidente da República disse que, para 2024 perpectivam que as companhias Emirates, Turquis, Air France, Air Mauritánia e Air Etiópia tenham voos para Guiné-Bissau.

Ainda sobre a questão de pedido de assistir os seus  direitos de voto nas eleições no país, na qualidade de guineenses, Umaro Sisso Embaló disse que, reconheceu as dificuldades que o país tem em realizar o processo eleitoral para todos os seus emigrantes, frisando que, por isso os processos são realizados nos países com maiores números de emigrantes por motivo dos meios financeiros.

O Presidente da República sustenmtou que, no futuro tudo pode acontecer para o bem da comunidade guineense no estrangeiro, uma vez que na sua opinião é fundamental para estabilidade política do país.

“Sabemos que na base da estabilidade política e governativa é que se pode desenvolver qualquer sector, através da confiança dos investidores no âmbito das cooperações”, esclareceu o Chefe de Estado guineense.

Embaló considerou que o país está em mudança  de um processo. Tendo acrescentado que  na base desse processo é que a Guiné-Bissau precisa ser desenvolvida e que a governação é uma continuidade.

“Estando eu no poder ou não, outra pessoa poderá continuar com o meu projecto concernente ao progresso do Guiné-Bissau para o benefício comum”, refere o Presidente da República.

Por outro lado, Sissoco Embaló aconselhou os emigrantes a não entrarem nas questões ilegais como por exemplo, o de tráfico das drogas e de falsificações dos documentos.

O porta-voz da comunidade dos emigrantes guineenses residentes em Dubai, Mando Sanha disse que, na realidade as comunidades guineense que se encontram no estrangeiro deparam com problemas de várias ordens, principalmente em termo emissão de documentos.

“Esperamos poder brevemente ter a oportunidade de fazer passaporte aqui em Dubai, devido ao anúncio do Presidente da República na possibilidade do país ter representação diplomática em Dubai, uma vez que antes só podiam fazer o mesmo documento em  Arábia Saudita.

Arranca esta quinta-feira no Dubai, Emirados Árabes Unidos, a Conferência das Partes sobre o Clima, COP 28. Uma edição que conta com a participação de cerca de 70.000 pessoas provenientes de todo o mundo.

Na agenda da COP 28 estarão temas como o financiamento dos diferentes fundos de ajuda, a redução gradual da dependência das energias fósseis e a transição energética.ANG/AALS/ÂC

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31