Select Page

Egipto/Presidente  esperançado num cessar-fogo “dentro de alguns dias”

Egipto/Presidente  esperançado num cessar-fogo “dentro de alguns dias”

(ANG) – O Presidente egípcio, Abdelfatah al-Sisi, manifes
tou-se hoje esperançado de que seja possível alcançar um acordo de cessar-fogo em Gaza em breve, após mais de cinco meses de combates entre Israel e o Hamas.

“Esperamos que dentro de alguns dias, no máximo, se chegue a um cessar-fogo e que não haja desenvolvimentos negativos que possam afetar ainda mais a situação”, disse Al-Sisi, ao discursar numa cerimónia para os novos alunos da academia de polícia.

O Egipto, que tem uma fronteira com Gaza entre a Península do Sinai e a cidade palestiniana de Raffah, está a mediar as negociações com o Qatar e os Estados Unidos.

“Cinco meses é muito tempo para tanta violência”, disse o líder egípcio, citado pela agência espanhola EFE.

A guerra em curso foi desencadeada pelo ataque do grupo islamita Hamas em solo israelita, em 07 de Outubro, que causou cerca de 1.200 mortos e duas centenas de reféns, segundo as autoridades de Israel.

Em resposta, Israel lançou uma ofensiva militar contra a Faixa de Gaza que matou mais de 31.300 pessoas até quinta-feira, segundo as autoridades do enclave governador pelo Hamas desde 2007.

“Estamos a fazer todos os esforços sinceros e fiéis para chegar a um cessar-fogo na Faixa de Gaza para proteger e salvar a nossa família em Gaza, especialmente os civis inocentes”, afirmou o líder egípcio.

Al-Sisi disse que o Egipto está a tentar permitir que as pessoas que se amontoam em Rafah “se desloquem para os seus lugares no centro e no norte” do enclave, um dos pontos do projeto de cessar-fogo.

O Hamas anunciou na quinta-feira à noite uma nova resposta às negociações alcançadas através de mediadores no Egipto e no Qatar.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, confirmou ter recebido uma “visão global de um acordo de tréguas” proposto pelo Hamas, mas considerou que as exigências do grupo continuavam a ser irrealistas, segundo um comunicado do Governo.
Al-Sisi disse também que os números avançados para a reconstrução da Faixa de Gaza “são assustadores”, além dos anos que serão necessários para o processo.

O líder egípcio estimou, na semana passada, que a reconstrução de Gaza custaria mais de 90 mil milhões de dólares (82,5 mil milhões de euros, ao câmbio atual).

O reconhecimento internacional do Estado da Palestina, “apesar da crise e da grande miséria, seria a nossa consolação”, acrescentou Al-Sisi.

Esperava-se um acordo sobre as tréguas antes do início do mês sagrado muçulmano do Ramadão, que começou no dia 11, mas as partes não chegaram a um consenso.

As exigências do Hamas, sobretudo o fim definitivo da guerra chocam com as de Netanyahu, que continua a proclamar a “vitória total” sobre o grupo islamita como o principal objetivo da guerra.

Israel, Estados Unidos e União Europeia consideram o Hamas como uma organização terrorista. ANG/Angop

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930