Select Page

Eliminatória Mundial 2026/ Guiné-Bissau  empata em casa (1-1) com Egito na quarta jornada da prova  

Eliminatória Mundial 2026/ Guiné-Bissau  empata em casa (1-1) com Egito na quarta jornada da prova  

(ANG) – A seleção nacional de futebol da Guiné-Bissau empatou (1-1) com a sua congénere do Egipto numa partida referente a quarta  jornada da fase da eliminatória para o Mundial 2026, que decorreu no estádio nacional 24 de setembro, em Bissau.

Com este empate, os Djurtus continuam no segundo lugar do grupo A com seis pontos e a seleção do Egito  lidera o grupo com dez pontos, em resultado de três vitorias e um empate.

O golo da turma nacional foi apontado na primeira parte por intermédio de Mama Baldé, aos 42 minutos, após receber o passe de Opa Sangate, na sequência de uma lance de contra-ataque dos Djurtus, enquanto que o tento do Egipto, foi marcado aos 70 minutos por intermédio de Mohamed Salah.

Na primeira parte os pupilos de Luís Boa Morte apresentaram um nível  muito competitivo e de maior  agressividade em termos de recuperação de bolas no meio campo e na segunda parte teve dificuldades na construção do jogo ofensivo e sentiu a pressão do Egito que acabou por igualar a partida.

Em declarações à imprensa no final do jogo, o técnico dos Djurtus, Luís Boa Morte disse que está satisfeito com o desempenho dos jogadores, mas  triste pelo resultado,  por não terem conseguido os necessários três pontos almejados.

Salientou que o desempenho técnico e tático dos seus rapazes melhoraram significativamente.

Perguntado sobre o que fez para contrariar o argumento da equipa egípcia, Boa Morte disse que  o Egito é uma equipa muito forte e por isso, os Djurtus foram taticamente quase perfeito e conseguiram fazer um golo na primeira parte.

Luís Boa Morte relacionou a dificuldade com que a sua equipa se deparou na segunda parte com os episódios de cansaço dos jogadores, devido a dupla jornada que provocou  muito desgaste  físico, principalmente no jogo frente a Etiópia.

O ministro da Cultura, Juventude e dos Desportos disse que vê a Guiné-Bissau melhorar jogo à jogo e em condições de continuar na luta por uma vaga na classificação para o Mundial 2026.

Augusto Gomes saudou os jogadores, pelo desempenho. luta e determinação demonstrada dentro do retângulo do jogo.

“Sentimos orgulhoso pela atitude  dos jogadores em campo e do trabalho que está sendo feito pela equipa técnica”, afirmou o ministro da Cultura, Juventude  e dos Desportos, Augusto Gomes.

Concluída a quarta jornada da prova, o Egipto continua líder do Grupo A, com 10 pontos, seguido da Guiné-Bissau com seis, Burkina Faso na terceira posição com cinco pontos, na quarta posição está a Serra Leoa com cinco pontos, a Etiópia encontra-se na quinta posição com três pontos e o Djibuti no último lugar com apenas um ponto.ANG/LPG/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Anúncio – Participe do FGI

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30