Select Page

Guerra Medio Oriente/Erdogan alerta Biden, para “consequências regionais e mundiais negativas” do conflito Israel-Hamas

Guerra Medio Oriente/Erdogan alerta Biden, para “consequências regionais e mundiais negativas” do conflito Israel-Hamas

(ANG) – O presidente turco Recep Tayyip Erdogan alertou quinta-feira à noite o presidente americano Joe Biden, numa conversa telefónica, para as “consequências regionais e mundiais negativas” do conflito entre Israel e o Hamas palestiniano.

Tratou-se da primeira conversa ocorrida entre os dois dirigentes, desde o ataque do Hamas a 7 de Outubro, seguido dos bombardeamentos em represália, dos israelitas à faixa de Gaza.

Por seu turno, o conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, afirmou nesta sexta-feira numa conferência de imprensa que se seguiu a uma reunião com funcionários do governo israelita em Tel Aviv, que não seria apropriado Israel ocupar a Faixa de Gaza a longo prazo, no rescaldo da guerra contra o Hamas.

Israel, que multiplicou os raids aéreos à faixa de Gaza, apesar das pressões americanas para reduzir a intensidade dos ataques e proteger os civis, avisou que a guerra contra o Hamas, desencadeada há 70 dias, haveria de perdurar ainda por muito tempo.

Sexta-feira cedo, o ministério da saúde do Hamas reportou que os bombardeamentos a Khan Younès, a grande cidade do sul do território de Gaza, para onde Israel expandiu as suas operações terrestres, tinha provocado “dezenas de mortos e de feridos”.

Segundo as Nações Unidas, a guerra em Gaza mergulhou o território numa grave crise humanitária e cerca de 1,9 milhões de habitantes foram deslocados, muitos deles tendo de fugir várias vezes à medida que os combates se iam alargando.

A ONU advertiu na quinta-feira sobre um “colapso da ordem civil” na faixa de Gaza, com a fome e o desepero a criar situações complicadas em torno da ajuda humanitária que chega em quantidades bastante limitadas por via do Egipto.

O exército israelita anunciou sexta-feira ter recuperado n faixa de Gaza os corpos de três reféns, de entre os quais dois soldados de 19 anos, Nik Beizer e Ron Sherman, assim como o do refém franco-israelita, Elya Toledano.ANG/RFI

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31