Select Page

Guiné-Bissau e Portugal assinam acordo na área da Defesa

Guiné-Bissau e Portugal assinam acordo na área da Defesa

(ANG) – Guiné-Bissau e Portugal formalizam, hoje, terça-feira, um acordo de cooperação na área da Defesa, para capacitar as Forças Armadas e polícias guineenses com ações de formação, treino e manutenção de equipamentos, anunciou hoje o Governo português.

A ministra da Defesa Nacional portuguesa, Helena Carreiras, desloca-se esta terça-feira a Bissau para a cerimónia de assinatura do Memorando de Entendimento entre os dois países, assim como para encontros com o homólogo e com o presidente da República guineenses.

O memorando de entendimento sobre a Missão de Capacitação Portuguesa na República da Guiné-Bissau será oficializado no Ministério da Defesa da Guiné-Bissau e abrange “diversas áreas de cooperação”, segundo informou o gabinete da ministra Helena Carreiras.

Entre as ações previstas, constam “formação, ensino, treino e desenvolvimento que contribuam para a edificação da capacidade operacional da Defesa Nacional e das Forças Armadas da Guiné-Bissau”.

O acordo de cooperação visa também a “edificação da capacidade da polícia aérea da Guiné-Bissau, a manutenção de equipamentos de comunicações, a vigilância e segurança marítima nas zonas costeiras e na saúde militar”.

A ministra Helena Carreiras estará acompanhada pelo chefe do Estado-Maior da Armada, o almirante Gouveia e Melo, com quem visitará o projeto de apoio à Marinha de Guerra da Guiné-Bissau.

O Ministério da Defesa Nacional de Portugal recorda que “desde julho de 2023, a Marinha Portuguesa tem vindo a ministrar formação aos militares guineenses, tendo já formado 12 militares da Marinha da Guiné-Bissau, certificados como Patrões de Lancha”.

Segundo o Governo português, no âmbito da cooperação já em curso, decorrem “atualmente ações de treino operacional de navegação nas embarcações”.

A Marinha Portuguesa disponibilizou, também, à Marinha da Guiné-Bissau duas embarcações de alta velocidade para atividades de reforço da segurança e da autoridade do Estado no mar, nomeadamente ações de fiscalização conjunta das águas sob soberania ou jurisdição da Guiné-Bissau.

A visita à Guiné-Bissau da ministra portuguesa começa com uma cerimónia de homenagem aos ex-combatentes, no cemitério municipal de Bissau.ANG/Lusa

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031