Select Page

 Mali/Mais de 80 partidos e organizações apelam à realização de eleições

 Mali/Mais de 80 partidos e organizações apelam à realização de eleições

 (ANG) – Mais de 80 partidos políticos e organizações da sociedade civil do Mali apelam à realização de eleições presidenciais “o mais rapidamente possível” e ao fim da transição neste país do Sahel governado por uma junta militar desde 2020.

Um primeiro grupo de associações e partidos políticos do Mali “apela às autoridades no poder, tendo em conta o vazio jurídico e institucional (…) para que criem as condições de uma consulta rápida e inclusiva, para que instaurem uma arquitectura institucional, com vista a organizar a eleição presidencial o mais rapidamente possível”, num comunicado publicado no domingo à noite.

Os signatários desta declaração acrescentam que utilizarão “todos os meios legais e legítimos para que o Mali regresse” à “ordem constitucional normal e ao concerto das nações, garantia de estabilidade política”.

Num segundo comunicado, também divulgado este domingo à noite, a Rede dos Defensores dos Direitos Humanos no Mali (RDDHM), que reúne cerca de 50 organizações locais, lançou o mesmo apelo à junta militar, liderada pelo coronel Assimi Goïta.

“O país está a atravessar enormes dificuldades e a transição não se destina a resolver todos os problemas do país. É tempo de sair deste impasse, tanto mais que o último adiamento da transição expirou a 26 de Março”, sublinha o presidente da RDDHM, Souleymane Camara, que apela ao regresso à “ordem constitucional”.

Em Junho de 2022, a junta militar no poder comprometeu-se a entregar o poder a um governo civil eleito no final de um período dito de transição, que terminaria a 26 de Março de 2024, na sequência de uma eleição presidencial prevista para Fevereiro.

Os militares anunciaram entretanto o adiamento das eleições presidenciais para uma data ainda desconhecida e não deram qualquer outra indicação sobre as intenções de concluir o processo de transição.

Quaisquer tomadas de posição por parte da oposição ao poder militar no país tornaram-se a excepção, sufocadas por injunções de unidade nacional e medidas repressivas.ANG/Angop

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930