Select Page

Moçambique/ Daniel Chapo é o candidato da Frelimo para as presidenciais

Moçambique/ Daniel Chapo é o candidato da Frelimo para as presidenciais

(ANG) – Daniel Chapo, governador de Inhambane, é o candidato da Frelimo às eleições presidenciais, segundo anúncio  feito no domingo(5), pelo Presidente Filipe Nyusi que acabou com a especulação sobre um terceiro mandato.

O governador de Inhambane, Daniel Francisco Chapo, é o candidato da Frelimo às eleições presidenciais, anunciou o Presidente moçambicano, colocando um ponto final nas especulações à volta de um terceiro mandato.

“Terminou a novela de especulações, incluindo a especulação do terceiro mandato. A Frelimo respeita as leis e não havia nenhuma razão de especular porque está na lei”, explicou.

Filipe Nyusi felicitou Francisco Chapo, reconhecendo “a complexa missão de carregar a Frelimo até à vitória final”

O chefe de Estado de Moçambique agradeceu ainda a participação de Roque Silva, Samuel Esperança Dias, Francisco Montanheiro e Daniel José “por terem participado com responsabilidade no processo eleitoral, conferindo maior credibilidade e legitimidade à democracia interna no seio do nosso partido”.

Daniel Chapo garantiu que vai “trabalhar com base no programa da Frelimo” de forma a alcançar a vitória no dia 9 de Outubro.

De acordo com a agência de notícias Lusa, Daniel Chapo, actual governador de Inhambane, nasceu em Inhaminga, província de Sofala, centro de Moçambique, em 1977, depois da independência do país, em 1975. É formado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Eduardo Mondlane, fez ainda o curso de Conservador e Notariado em 2004 e dez anos depois concluiu o mestrado em Gestão de Desenvolvimento pela Universidade Católica de Moçambique. Em Novembro de 2015 foi nomeado para o cargo de administrador do distrito de Palma, na província de Cabo Delgado, e em Março de 2016 assumiu as funções de governador da província de Inhambane.

A candidatura de Lutero Simango às eleições presidenciais foi aprovada, este domingo, 5 de Maio, por unanimidade dos 80 membros do Movimento Democrático de Moçambique. A Renamo, maior partido de oposição, poderá anunciar o candidato nos próximos dias.

Moçambique organiza no dia 9 de Outubro as sétimas eleições presidenciais e legislativas, as segundas para os governadores provinciais e as quartas para as assembleias provinciais. O prazo limite para apresentação ao Conselho Constitucional das listas de candidatos a Presidente da República vai até 10 de junho. ANG/RFI

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Anúncio – Participe do FGI

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30