Select Page

PR defende construção de alicerce para reforço das relações  Guiné-Bissau e Portugal

PR defende construção de alicerce para reforço das relações  Guiné-Bissau e Portugal

(ANG) – O Presidente da República (PR)  defendeu, terça-feira, a necessidade de construir um alicerce para reforçar as relações de amizade e  cooperação  entre a Guiné-Bissau e Portugal, visando a promoção do progresso interno.

Umaro Sissoco Embaló falava em Portugal no âmbito da visita de Estado de três dias (24 à 26) que efetua aquele país, à convite do seu homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa.

“Estou a construir um alicerce para reforçar a cooperação entre os dois países, porque, amanhã posso não continuar no poder, mas espero que a dinâmica de construir uma relação forte com  Portugal  tenha  continuidade, uma vez que é de extrema importância”, disse Embaló, segundo um áudio enviado a ANG pelo Gabinete de Comunicação e Relações Públicas da Presidência da República.

O Chefe de Estado salientou que a Guiné-Bissau e Portugal têm uma história em comum e que por isso, tem priorizado o reforço de cooperação com Portugal durante o seu mandato.

“Consegui reposicionar a Guiné-Bissau no concerto das nações o que é muito positivo para o nosso país. Pode existir pequenos países em tamanho, mas nunca existe um pequeno Estado. Neste sentido, o fundamental é a estabilidade política e governativa de modo a estar à altura de manifestar a  autonomia enquanto  Estado”, disse o Presidente da República .

Sissoco Embaló agradeceu a condecoração da medalha Grande Ordem do Infante Dom Henrique que recebeu do Estado Português e considerou o gesto de um reconhecimento do Estado da Guiné-Bissau em geral e do seu povo.

O Presidente Português, Marcelo Rebelo de Sousa, disse que há uma conjugação de fatores particularmente significativa no âmbito da cooperação entre a Guiné é-Bissau e Portugal.

“Vivemos situações complexas em diversos continentes e todas elas de incidência global, assim sendo, é muito importante par além de um relacionamento bilateral, ter aquilo que tem sido a cooperação na diversidade das aproximações do posicionamento específicos de cada um dos países”, disse o Presidente português.

Rebelo de Sousa sublinhou que a cooperação sempre presente entre os dois países, ao longo do tempo, transforma a visita de Umaro Sissoco em um momento especial.

“Esta visita do Presidente da República da Guiné-Bissau à Portugal tem uma força política tão grande no momento que estamos a viver, no ano em que se celebra as cinco décadas da Independência da Guiné-Bissau e num momento em que a nação guineense se prepara para assumir a  presidência da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP) e em que terminou, há poucos meses a sua presidência a frente da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)”, considerou Rebelo de Sousa.  ANG/AALS/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930