Select Page

30 anos da Lei da Droga / Ministro reitera compromisso do governo de combater  tráfico de drogas

30 anos da Lei da Droga / Ministro reitera compromisso do governo de combater  tráfico de drogas

(ANG) – O Ministro da Justiça e Direitos Humanos reiterou o compromisso do governo de pro mover  a justiça criminal que combata o tráfico de drogas no país.

Albino Gomes falava no ato de abertura do “Congresso Judiciária Sobre 30 anos da Lei da Droga na Guiné-Bissauˮ, destinado aos magistrados do Ministério Público e Judiciais, Ordem dos advogados e Orgãos de Investigação Criminal (Policia Judiciária, Serviço de Investigacão Criminal, Guarda Nacional, Policia de Ordem e INTERPOL.

O evento  decorre durante todo o dia de hoje, e vai debater temas  sobre a inviabilidadede de regras processuais comuns na investigação do crime de tráfico de drogas;  30 anos de lei da droga que lições; entre outros temas.

Gomes disse que o congresso, para além de revestir de um caracter simblolico, serve de  reflexão sobre políticas públicas no dominio da prevenção e combate ao trafico de drogas.

Acrescentou que os desafios de combate ao tráfico de drogas interpela a uma ponderação sobre os caminhos precorridos, no quadro legal e na capacidade nacional de resposta, desde a investigação, recolha de ocorrência, interração, elaboração institucional e aplicação da lei.

Para Augusto Gomes, o tráfico de drogas constitui na atualidade uma das mais graves ameaças à estabilidade politica e institucional e ao desenvolvimento socio-economico,  segurança interna dos Estados e representa uma fisionomia de um segmento criminal em constante mutação.

Albino Gomes afirmou que a  amplitude desse mal supera os limites fronteriços gerando o impacto universal com efeitos devastadores nos Estados.

Afirmou que o Governo em função tem o combate a criminalidade como uma das suas prioridades, pelo que no seu programa de governaçao prespectiva avançar com o processo de revisão da Lei de droga, para reforçar os mecanismos nacionais de recuperação dos ativos da prática do crimes decorrentes do tráfico de drogas.

O ministro da Justiça disse  ter a consciência de que as planificações,  estratégias setorias e governativas só fazem sentido quando são capazes de elevar a capacidade das  instituições judiciárias, nomeadamente do Ministério Público, da Policia Judiciária e dos tribunais.

Paara o Procurador-Geral da República, Bacar Biai, o combate ao tráfico ilícito de drogas e outras criminalidades  não pode ser eficiente e eficaz se o poder judicial em geral e o Ministério Público continuassem  reféns económicos do poder político.

Acrescenta que , passados 30 anos sobre a vigência da lei de droga,ficou  demonstrado a  vulnerabilidade perante  surgimento de novas tipologias de drogas sintéticas registado durante este periodo.

Por isso, Biai diz que é necessário dar resposta eficaz e eficiente na prevenção e combate deste crime e outras criminalidades organizadas e transnacionais.

Aquele responsavel apontou  a localização geográfica, a fraqueza do Estado em controlar a vasta extensao territorial das suas fronteiras terrestres e maritimas, pobreza generalizada e outros, como fatores que atraien os traficantes para fazerem a Guine-Bissau uma placa giratoria de tráfico de drogas. ANG̸MI//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Anúncio – Participe do FGI

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30