Select Page

Aliança “Kumba Lanta” pede Umaro Sissoco Embalo o retorno a normalidade constitucional no país

Aliança “Kumba Lanta” pede Umaro Sissoco Embalo o retorno a normalidade constitucional no país

(ANG) – A Aliança “Kumba Lanta” pede ao chefe de Estado guineense o “retorno à normalidade constitucional, através da restauração da Assembleia Nacional Popular(ANP), na sua plenitude e a realização das eleições presidenciais em 2024.

O pedido  da Aliança foi feito através de uma proposta de saída da crise política vigente no pais, apresentada, no domingo, ao Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló.

Segundo uma Nota à imprensa da Aliança Kumba Lanta, à que a ANG teve acesso hoje, a coligação  que congrega o Partido da Renovação Social e a Assembleia do Povo Unido-Partido Democrático da Guiné-Bissau(APU-PDGB), sustenta  que a Assembleia Nacional Popular já foi inconstitucionalmente dissolvida por duas vezes nos últimos dois anos, e que os governos são formados em total desrespeito pela vontade popular, assim como o Supremo Tribunal de Justiça está sequestrado e ao serviço único e exclusivo do Presidente da República e que o Ministério Público transformou-se numa agência de perseguição dos adversários políticos do Presidente da República.

 “Temos vindo a assistir à uma profunda degradação da situação politica nacional, marcada pelo cerceamento dos direitos civis e políticos dos cidadãos, pela sistemática violação da Constituição e das leis e pela instrumentalização da justiça”, refere a Aliança na nota remetida ao Presidente da República.

Acrescenta  que, de igual modo, se assistem  perseguições à opositores políticos,  raptos e a agressões contra todas as vozes que se opõem ao regime instalado, bem como a discursos inflamatórios, de ódio, de divisão e de ameaças que põem em risco a unidade nacional.

A Aliança diz ainda que os direitos humanos e as liberdades de expressão são sistematicamente violados e as liberdades fundamentais dos cidadãos, nomeadamente, as liberdades de expressão e de manifestação, severamente restringidos”.

A este propósito, a Aliança Kumba Lanta exige  “o respeito aos valores do Estado de Direito Democrático, nomeadamente os valores da liberdade, da justiça e da democracia.

“A reconfiguração do Supremo Tribunal de Justiça, em pleno respeito da legalidade, de modo a que esta entidade judicial possa exercer cabalmente o seu papel de órgão supremo do Poder Judicial e de Tribunal Constitucional, a recomposição da Comissão Nacional de Eleições (CNE), mediante o preenchimento dos lugares vacantes”, são outras exigências  da Aliança Kumba Lanta.

As duas formações politicas da base ideológica de Koumba Iala dizem haver uma  sistemática degradação dos princípios e dos valores democráticos e o risco iminente do colapso dos pilares fundamentais da  sociedade guineense..ANG/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930