Select Page

ANP/Forças de Ordem barram entrada ao hemiciclo aos deputados da Coligação PAI Terra Ranka

ANP/Forças de Ordem barram entrada ao hemiciclo aos deputados da Coligação PAI Terra Ranka

(ANG) – Os deputados da Coligação PAI Terra Ranka, foram barrados à entrada no parlamento, pela Policia de Intervenção Rápida, quando dirigiam para a retomada da sessão hoje quarta-feira(13), no plenário do hemiciclo guineense, fechado desde que o parlamento fora dissolvido à 04 de Dezembro.

De acordo com a RDP-África, os parlamentares estavam acompanhados de uma multidão que foi dispersada pelos agentes policiais que usaram gás lacrimogêneo, carregando sobre as pessoas.

O Presidente da Assembleia Nacional Popular(ANP), Domingos Simões Pereira, anunciou através de um comunicado datado do dia 09 de Dezembro, a retomada da sessão parlamentar hoje quarta-feira(13), tendo exortado o Governo de gestão a restabelecer a situação, ou seja a ordenar a retirada de militares que foram instalados ali para impedir o funcionamento do parlamento.

Em declarações hoje à imprensa, nas mediações da ANP,  o deputado Armando Mango da Coligação PAI Terra Ranka, disse que foram convocados para retomarem a sessão hoje, pelas 10 horas pelo lider do parlamento.

“E como deputados em cumprimento do regimento da ANP, saimos em direcção ao parlamento para ir responder a convocatória do Presidente da ANP Domingos Simões Pereira e estranhamente deparamos com as Forças de Segurança que nos impediram a entrada na nossa casa e do povo”, salientou Mango.

O deputado disse que, o assunto tem a ver com um decreto do Presidente da República que anunciou a dissolução do parlamento, frisando que, o referido decreto não cumpriu a ditames constitucionais.

“Como todos sabem, as eleições legislativas foram feitas no passado dia 04 de junho do ano em curso e a Constituição da República no seu artigo 94 diz que, a ANP não pode ser dissolvida nos 12 meses posteriores ao escrutínio”, frisou.

Armando Mango sublinhou que, por isso, o decreto presidencial que dissolveu o parlamento não tem nenhum efeito jurídico e por esse motivo o parlamento continua a funcionar normalmente e por isso os deputados devem continuar a cumprir com as funções dadas pelo povo.ANG/ÂC

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031