Select Page

COLIDE –GB pede ao Chefe de Estado a reposição de Ordem Constitucional edemocraticas saídas das eleições

COLIDE –GB pede ao Chefe de Estado a reposição de Ordem Constitucional edemocraticas saídas das eleições

(ANG) – O Partido da Convergência Nacional para a Liberdade e o
Desenvolvimento(COLIDE-GB) apelou, quinta-feira, ao Presidente da República a reposição da
ordem constitucional e democratica, resultante das eleições legislativas de 04 de Junho de 2023,por

,diz, ser a “única via para a normalização do funcionamento das instituições democraticas da Guiné-
Bissau”.

O pedido desta formação política extra parlamentar foi feito num comunicado assinado pelo seu
Secretário-geral,Paiva Wagna, à que a ANG teve acesso hoje.
O partido reitera a “imperiosa necessidade” de retorno à normalidade institucional, quer no Supremo
Tribunal de Justiça quer na Comissão Nacional das Eleições ,orgãos que diz serem
“extraordinariamente importantes na condução e legalização do processo eleitoral”.
“Exigimos que toda a v erdade dos factos graves ocorridos a 1 de Fevereiro de 2022 e nos meses de
Novembro e Dezembro de 2023 ,este ultimo tendo servido de mote e alegado fundamento para a
dissolução do parlamento e a prisão de membros do Governo ,sejam ,sem mais delongas
,investigados pelas autoridades judiciárias competentes, para que toda a verdade seja contada ao
povo”,lê-se no comunicado.
O partido liderado pelo Jurista Juliano Fernandes condena os sucessivos atos de prisão ,proibição de
marchas ,comícios e outras manifestação por parte do Ministério interior sobretudo o último incidente
que culminou com a detenção de militantes e dirigentes do Madem-G-15,a proibição da deposição de
corôas de flores no Mausoléu Amilcar Cabral,na Fortaleza de Amura e na Praça Titina Silla ,nos dias
20 e 30 de Janeiro .
Na missiva, a partido salienta que “estas atuações musculosas do regime instalado” demonstra uma
“clara tentativa de implantar a ditadura na Guiné-Bissau” .
Por essa razão , a COLIDE-GB considera inaceitável e intolerável a violação da Constituição e das
leis da República , e apela ,por isso, à “resistência pacífica e persistente dos guineenses” , com
recurso aos meios ,as vias e os mecanismos democráticos ,para reerguer os edifícios do Estado de
direito e da democracia .
Ainda por via desse comunicado, o partido apela a Polícia Judiciária e ao Ministério Público para
investigarem, no mais curto prazo ,as denúncias de trafico de drogas, por forma a que a sua prática
seja confirmada e os autores identificados e traduzidos à justiça.
No comunicado o partido manifesta o seu repúdio ante o que chamou de “incompreensível silêncio da
Comunidade Internacional” perante essas derivas ,numa altura em que,mais do que nunca ,se faz
sentir a necessidade urgente de criação de um clima de segurança e paz que garanta a governação
democrática da Guiné-Bissau.
ANG/MSC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31