Select Page

Dia da Francofonia/Secretária de Estado da Cooperação Internacional exalta importância da língua francesa no  ensino guineense

Dia da Francofonia/Secretária de Estado da Cooperação Internacional exalta importância da língua francesa no  ensino guineense

(ANG) – A Secretária de Estado da Cooperação Internacional exaltou, quarta-feira, a importância da língua francesa no sistema de ensino guineense, devido o seu poder  de influência em diferentes setores vitais da sociedade.

Nancy Cardoso falava no âmbito das celebrações do Dia Internacional da Francofonia, iniciadas, em Bissau, com animação cultural do Ballet “Esta é Nossa Pátria Amada”,e que prolonga com realizações de várias outras atividades, nomeadamente exposições, contos de histórias  e concertos para crianças, conferênicias , festival de cinemas e atividades pedagógicas para melhoramento de pronúncias do francês até 30 de Março.

De acordo com a TV BANTABA, a Secretária de Estado da Cooperação Internacional  acrescentou  que testemunha com orgulho, mais de 300 milhões de falantes de francês em todo o mundo, sendo que  317 mil estão na Guiné-Bissau, representando 15 por cento da  população guineense.

“Este é o testemunho do poder e da influência da língua francesa, que se tornou numa ferramenta indispensável nos setores vitais da nossa sociedade. Nas salas de aulas vimos o francês sendo  transmitido para  gerações futuras desde o 7º ano nas escolas públicas”, referiu Nancy Cardoso.

Destacou  que a escolas como União Africana, Libanesa Internacional, Maurice e Simente de Vida entre outras são ferrozes na educação francófona na Guiné-Bissau , a par da  recém inaugurado Liceu Francês Internacional, que considerou de  um símbolo da determinação das autoridades nacionais em formar uma geração de jovens multilinguística, preparados para desafios globais.

Além disso, Nancy Cardoso reconheceu  o papel  vital desempenhada pela Escola Normal Superior Tchico Té na formação de professores de francês e ressurgimento, em 2024, da Associação dos professores franceses da Guiné-Bissau.

Disse que estas instituições são os pilares do compromisso com o ensino e a promoção da língua e da cultura francesa no país.

Em relação as celebrações dos 20 anos da existência do Centro Cultural Franco Bissau Guineense, Nancy Cardoso sublinhou que representa  um símbolo de amizade e de cooperação entre a França e Guiné- Bissau.

 “Que continuemos a nutrir e fortalecer  essa parceria frutífera como um todo, que enriquece não apenas as nossas vidas, mas também o tecido cultural da francofonia como um todo”, desejou.

A Guiné-Bissau aderiu a organização que une cerca de 88 estados e governos em 1979. A festa da francofonia deste ano é organizada  de 20 a 30 de Março e conta com a colaboração do Governo da Guiné-Bissau e das embaixadas de Cabo Verde, França, Marrocos, Mauritânia e Senegal.

Após abertura da sessão e de apresentação de discursos do embaixador da França em Bissau e de Nançy Cardoso, os participantes convidados puderam provar diferentes pratos  tradicionais desses países.

.ANG/LPG/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930