Select Page

Moçambique/Insegurança alimentar afecta cerca de três milhões de pessoas

Moçambique/Insegurança alimentar afecta cerca de três milhões de pessoas

(ANG) – Cerca de três milhões de moçambicanos estão em situação de insegurança alimentar, alerta o Secretariado Técnico de Segurança Alimentar e Nutricional que apela para uma intervenção imediata do Governo e dos seus parceiros.

Os números da fome em Moçambique foram divulgados pela Secretária Executiva do Secretariado Técnico de Segurança Alimentar e Nutricional  (SETSAN), Leonor Mondlane.

A projecção que temos até Março é de 3,3 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar nacional, decorrentes dos processos de choque que aconteceram, nomeadamente inundações, secas, entre outros eventos que afectam a qualidade de vida das famílias”, declarou.

Leonor Mondlane pediu apoio: “Do ponto de vista de planificação, o Governo e os parceiros têm que olhar para 3,3 milhões de pessoas para dar assistência que é para um grupo menor de cerca de 400 mil pessoas que estão na emergência mesmo e precisam de assistência alimentar e meios da vida e para o outro grupo que complementa esses 3,3 milhões para assistência ao desenvolvimento.

Para o  Secretariado  Técnico  de Segurança Alimentar e Nutricional, o fenómeno El Niño e o temporal das últimas semanas contribuem para a grave carência de alimentos  em algumas regiões de Moçambique, sendo Cabo Delgado, que sofre com ataques terroristas, a província mais afectada.ANG/RFI

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930