Select Page

França/Justiça  abre 330 investigações a atos antissemitas

França/Justiça  abre 330 investigações a atos antissemitas

 (ANG) – A justiça francesa abriu 330 investigações a atos antissemitas e de defesa do terrorismo, desde o início do conflito entre Israel e o grupo islamita Hamas, em 07 de Outubro.

O número de ataques antissemitas aumentou substancialmente em França, desde o início do conflito no Médio Oriente e, no domingo, mais de 182 mil pessoas, incluindo numerosos líderes políticos, desfilaram em França, em protesto contra o antissemitismo.

Na sexta-feira, o ministro do Interior, Gérald Darmanin, indicou que foram registados 1.247 incidentes antissemitas desde 07 de Outubro, que levaram à detenção de 539 pessoas, incluindo 154 estrangeiros, e cerca de 20 condenações.

Os autores de atos antissemitas são frequentemente muito jovens e por vezes menores, segundo Darmanin.

A Procuradoria de Paris informou que oito adolescentes foram detidos hoje no âmbito de uma investigação sobre canções ou comentários antissemitas registados no metro de Paris em 31 de Outubro.

A investigação visa casos de apologia do terrorismo, o insulto público baseado na adesão ou não adesão, real ou suposta, a um grupo étnico, nação, raça ou religião específicos, e o apelo público ao ódio, à violência ou à discriminação racial. ANG/Inforpress/Lusa

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031