Select Page

Guerra na Ucrania/Rússia disparou 300 mísseis e 200 ‘drones’ contra a Ucrânia nos últimos dias

Guerra na Ucrania/Rússia disparou 300 mísseis e 200 ‘drones’ contra a Ucrânia nos últimos dias

(ANG) – A Rússia lançou cerca de 300 mísseis e 200 ‘drones’ contra a Ucrânia desde 29 de dezembro, denunciou terça-feira o Presidente ucraniano, lembrando aos aliados que cada sistema de defesa aérea e míssil adicional permite salvar mais vidas.

“Antes da Ucrânia, nenhum país do mundo tinha alguma vez repelido com sucesso tais ataques combinados com a utilização de ‘drones’ [aparelhos não tripulados] e mísseis, incluindo mísseis balísticos lançados do ar”, detalhou Volodymyr Zelensky, numa publicação na rede social X.

Zelensky agradeceu a todos os países que estão a fornecer armamento para a defesa dos ataques aéreos das forças russas, mas lembrou que “cada sistema de defesa aérea e míssil adicional salva mais vidas”.

“É aqui, na Ucrânia, e com a nossa defesa aérea, que devemos demonstrar que as democracias são capazes de proteger vidas de todos os tipos de terrorismo”, apontou.

O Presidente ucraniano já tinha denunciado, mais cedo, a campanha de terror da Rússia na Ucrânia, após os ataques maciços russos que ocorreram na manhã de hoje.

Na habitual mensagem diária noturna em vídeo divulgada nas redes sociais, Zelensky apontou cinco mortos como resultado dos bombardeamentos e acrescentou que os 130 feridos estão a receber tratamento.

O governante advertiu ainda a população a prestar atenção aos alertas de ataques aéreos.

A Rússia disparou na manhã de hoje “99 mísseis de vários tipos” contra a Ucrânia, 72 dos quais foram abatidos pela defesa aérea ucraniana, declarou o comandante do Exército ucraniano, Valery Zaluzhnyi.

As forças ucranianas “destruíram 72 alvos aéreos”, incluindo 10 mísseis hipersónicos Kinjal e três mísseis de cruzeiro Kalibre, bem como 59 mísseis de cruzeiro Kh-101, Kh-555 e Kh-55, referiu o general ucraniano na rede social Telegram.

Esta nova série de ataques ocorre um dia depois de o Presidente russo Vladimir Putin ter ameaçado “intensificar” os ataques na Ucrânia em retaliação ao ataque de escala sem precedentes na cidade russa de Belgorod, no sábado, que deixou 25 mortos e 109 feridos.ANG/Lusa

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829