Select Page

Ministro Domingos Malú destaca importância do papel da CECOMES    para o país

Ministro Domingos Malú destaca importância do papel da CECOMES    para o país

(ANG) – O ministro de Saúde Pública disse que a cadeia de distribuição de medicamentos é fundamental  para um país, sobretudo quando  se quer estabilizar o mercado ou nivelar o preço de medicamentos.

Domingos Malu falava quarta-feira à margem de uma visita que efetuou a Central de Compra e Comercilaização de Medicamentos Essenciais (CECOMES), na companhia do Primeiro-ministro e do representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento(PNUD).

O governante defendeu que a CECOMES,, na qualidade de Central de Compra de Medicamentos deve estar bem apetrechado com condições e quantidade de medicamentos para poder fornecer à todos os estabelecimentos que os comercializa.

Disse que a visita a CECOME foi realizada  na perspetiva de acompanhar as reformas que estão  a ser feitas no setor sanitário, visando garantir melhor resposta ao país .

“É uma visita para a qual convidei os parceiros que intervém no setor,  para olharem com seus próprios olhos e trazerem suas recomendações, que devemos encarrar com seriedade”, salientou.

O ministro de Saúde frisou que depois de visitarem os armazéns de medicamentos e ouvirem as recomendações para saber quais são suas preocupações face a essas reformas, conseguiram ter  informações  enquanto Governo, em relação as quais vai procurar respostas.

Sublinhou que, cada parceiro tem a sua própria visão e por isso estão a falar dos recursos humanos que devem ser qualificados, mais também motivado para questões de terem compromisso de trabalho. “Quem não está a receber não pode ter motivação para trabalhar”, disse.

Domingos Malú disse que, constataram muitas preocupações em termos de organização, como tamém na questão de infraestruturas que têm de ser melhoradas para poder corresponder as expectativas de  uma CECOMES moderno.

Prometeu que, tudo aquilo que foi levantado em termos de  preocupação vai ter sua resposta no encontro da próxima semana.

Uma das preocupações levantadas   tem a ver com o salário, e fala-se de atrasados salariais de 12 meses devidos aos contratados.

A Representante do PNUD, Alexandra Casaza disse que estão preocupados com a reforma da CECOMES e manifestou a disponibilidade de apoiar a iniciativa governamental.

“O PNUD trabalha com financiamento do Fundo Mundial, pelo que gostamos que a CECOMES partilhasse o programa da reforma para continuamos a apoiar”, disse Casaza. ANG/MI/ÂC//SG 

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Anúncio – Participe do FGI

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30