Select Page

Sociedade civil exorta classe politica a trabalhar para estabilizar o país em vez de estar a proferir “discursos radicais”

Sociedade civil exorta classe politica a trabalhar para estabilizar o país em vez de estar a proferir “discursos radicais”

(ANG) – O Movimento Nacional da Sociedade Civil para a Paz Democracia e Desenvolvimento(MNSCPDD) pede, em comunicado, a classe política para trocar “discursos radicais” por ações de estabilização do país.

“As atenções deviam ser viradas para resolução dos problemas da fome generalizada ,fraca resposta no sector da saúde, educação ,da infraestruturas , retorno a normalidade constitucional como forma de se libertar do imbróglio juridico vertido na dissolução da Assembleia Nacional Popular(ANP),ao invés de brindar as populações com declarações radicais  de certos lideres políticos”,refere a nota  à que a ANG teve hoje acesso.

Essas declarações, segundo o comunicado que não indica à que discursos se refere, deixam muito a desejar num contexto que requer uma verdadeira conjugação de sinergias para a conciliação dos guineenses.

 A organização da sociedade civil guineense defende que as prioridades políticas essenciais de momento deveriam  recair sobre a necessidade de funcionamento  da Comissão Permanente da ANP,a observância ao quadro legal da lei de manifestação, e abastecimento em produtos da primeira necessidade em todo o território nacional com preços acessíveis. 

Os preparativos da campanha de comercialização e exportação da castanha de caju,a organização da campanha agrícola e a organização das eleições legislativas antecipadas, são outras  prioridades sugeridas à classe política guineense pelo MNSCPDD, em comunicado datado de 08 de Fevereiro e assinado pelo seu Presidente Fodé Caramba Sanha. ANG/MSC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31