Select Page

Cooperação/PR anuncia possibilidade de o país receber três barcos de fiscalização marítima na próxima semana

Cooperação/PR anuncia possibilidade de o país receber três barcos de fiscalização marítima na próxima semana

(ANG) – O Presidente da República  anunciou na terça-feira a possibilidade de o país receber três barcos para fiscalização marítima, na próxima semana, doados pelo  Presidente Turco, no âmbito da cooperação bilateral.

Umaro Sissoco Embaló fez o  anúncio no âmbito da visita  às obras de uma escola em construção  no antigo Parque Mbatonha.

“Dentro de um mês estará pronto  a escola que está sendo construída no Mbatonha para albergar a camada mais vulnerável,  e o mesmo funcionará como um colégio moderno, composto por 15 salas de aulas, e onde   serão ensinadas as línguas Português, Francês, Inglês e Árabe”, contou o Presidente da República.

Acrescentou que o espaço vai albergar  uma clínica para dar assistência aos estudantes e receberá, periodicamente, médicos especialistas  turcos para consultas e assistência médica em várias patologias.

O Presidente da República ainda anunciou que , para próxima semana está prevista a chegada de  15 médicos especialistas turcos para dar assistência ao povo guineense.

Instado à falar sobre a atual situação de crise no seio do Movimento para Alternância Democrática (MADEM-G15), o Presidente da República considerou de normal o desentendimento que persiste entre dirigentes desta formação política, acrescentando que  não pronunciou nada sobre essa crise até ao momento porque  não foi solicitada a sua mediação.

“Na democracia, é comum cada pessoa opinar livremente. Muitos dizem que o Presidente de República tem mãos ocultas sobre os problemas no seio do MADEM-G15, mas,  como posso fazer, estamos num país democrático e cada pessoa tem direito de opinar Se por acaso não estivesse a exercer as funções que exerço de certeza que muitos não falariam de mim”, disse.

Questionado sobre a especulação de que o Presidente da República pretende criar um partido que será denominado de Plataforma Republicana, Umaro Sissoco Embaló respondeu que, “segundo as normas legais, um chefe de Estado não pode liderar um partido político.Não tenho a intenção de distruir o MADEM-G15. A minha ideia é de torná-lo mais forte uma vez que faço parte do partido”.

O Presidente da República informou também que, ainda no decorrer deste semana pretende reunir com o Presidente em exercício do Supremo Tribunal de Justiça, o Procurador Geral da República e o Presidente do Tribunal Superior Militar, “para se agilizar  as situações dos casos de 31 de Novembro à 01 de Dezembro de 2023,  o de seis bilhões de francos CFA e o de 01 Fevereiro de 2022”.

O chefe de Estado disse que  os condenados no processo receberão a punição merecida.ANG/AALS/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930