Select Page

Aviação Civil/Governo reforça segurança no Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira com novos equipamentos

Aviação Civil/Governo reforça segurança no Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira com novos equipamentos

(ANG) – O Governo através do Ministério dos Transportes, Telecomunicações e Economia Digital, anunciou a introdução de novos equipamentos visando o reforço de segurança no Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira.

Para o efeito, o Embaixador da Republica Popular da China no país confirmou hoje o apoio em equipamentos de inspeção móvel para monitoramento de bagagens, objetos e drogas, no valor de  três milhões de dólares, em resposta ao pedido formulado pelo  Governo.

Os equipamentos, de acordo com Yang Renhou são capazes de detetar qualquer objeto dentro da bagagem, nomeadamente drogas e explosivos , e vão ajudar na elevação da capacidade de inspeção no Aeroporto Osvaldo Vieira e no combate ao crime organizado.

Renhou disse que a China vai assumir a responsabilidade de comprar e importar para Bissau esses  equipamentos, bem como de instalar e fazer a manutenção dos mesmos.

O ministro dos Transportes, Telecomunicação e Economia Digital, José Carlos Esteves agradeceu ao Governo chinês pelo apoio que diz ser importante para reforçar a segurança, no quadro da reestruturação das instalações do aeroporto.

“Deparamos com muitas fraquezas com segurança aeroportuária, não só em termos de equipamentos, mas também de recursos humanos, e a própria infraestrutura para fazer face ao  controlo do acesso ao aeroporto, revista das bagagens e dos passageiros e ainda da organização do acesso aos aeronaves  e as suas seguranças”, frisou.

Esteves diz ser  importante o controlo da fronteira aeronáutica para evitar a exportação do perigo para outros países, e que,por isso, renovou o seu agradecimento ao Governo Chinês. “O investimento que está a fazer  servirá de segurança para outros países”, disse.

O ministro dos Transportes, Telecomunicações e Economia Digital encoraja as autoridades da Aviação Civil a continuarem empenhados na coreção do  défice das infraestruturas e no sistema de triagem de bagagens para que o aeroporto possa funcionar eficientemente.

Disse que o futuro aeronáutico guineense passa pela formação dos quadros para que, depois da receção desses equipamentos, possam assumir um sistema quase perfeito e superar todas as dificuldades detetadas até aqui, em termos de segurança no aeroporto.

Falando  sobre  os equipamentos prometidos da  parte da China para reforço da  segurança no Aeroporto, o Presidente do Conselho de Administração da Agência da Aviação Civil, José António Có disse que o apoio da China chega em bom momento.

 “A questão de segurança tradicional da aviação hoje em dia está confrontado com novos problemas, nomeadamente, trânsito de produtos proibidos e fiscais, associado a droga”, indicou José António Có, para quem o apoio da China vai permitir não só o reforço de segurança, mas também o combate ao trânsito de drogas. ANG/LPG/ÂC//SG   

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Anúncio – Participe do FGI

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30