Select Page

 Berlim/PR alemão pede desculpa por massacres na Tanzânia na era colonial

 Berlim/PR alemão pede desculpa por massacres na Tanzânia na era colonial

(ANG) – O Presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, pediu  quarta-feira, em Berlim, desculpa pelos abusos cometidos pelas forças coloniais alemãs na Tanzânia, numa visita à região de Ruvuma, onde ocorreu um massacre de nativos africanos no início do século XX.

“Eu curvo-me às vítimas do domínio colonial alemão. Como Presidente alemão, gostaria de pedir perdão pelo que os alemães fizeram aos vossos antepassados”, disse Frank-Walter Steinmeier, em Songea, segundo um documento disponibilizado à agência France-Presse (AFP) pela presidência.

Entre 1905 e 1907, as tropas coloniais alemãs massacraram entre 200 mil e 300 mil representantes dos Maji-Maji após uma rebelião, de acordo com dados facultados por historiadores.

“Tenho vergonha do que os soldados coloniais alemães fizeram aos vossos antepassados”, reiterou.

A visita à Tanzânia de Steinmeier ocorre ao mesmo tempo que a do rei Carlos III do Reino Unido ao Quénia, que também condenou os abusos coloniais das tropas britânicas.

O império colonial alemão prolongou-se por vários países africanos, como o Burundi, Rwanda, Tanzânia, Namíbia e Camarões, tendo deixado de existir após a Primeira Guerra Mundial. ANG/Angop

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031