Select Page

CCIAS/Presidente da República empossa nova direção eleita em Janeiro

CCIAS/Presidente da República empossa nova direção eleita em Janeiro

(ANG) – O Presidente da República manifestou hoje a sua satisfação pela cessação da interinidade do exercício da direção da Câmara do Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços(CCIAS) verificada há longos anos no país.

 “Finalmente, com este ato de posse está restabelecida a normalidade institucional nesta importante organização da nossa classe empresarial”, disse Umaro Sissoco Embaló, ao presidir hoje a cerimónia de tomada de posse da nova direção da CCIAS.

O chefe de Estado salientou na ocasião que, a Câmara é uma instituição parceira do Governo, cuja parceria  só se faz na base de concertação social.

“As ferramentas dessa concertação social estratégica são conhecidas, e   insere-se no diálogo e na conjugação de esforços tendo em consideração  diferentes interesses legítimos”, frisou.

O Presidente das República salientou que a referida concertação tem a ver com a ponderação justa do interesse público e dos operadores privados, interesses esses que nem sempre são convergentes.

Acrescentou que o próprio Presidente da República não tem poupado esforços para incentivar uma Concertação Social que dê os melhores resultados nas condições socioeconómicas concretas do país.

“A conjuntura económica e financeira internacional continua muito desfavorável aos países mais vulneráveis e as consequências económicas e financeiras, nomeadamente, da guerra da Ucrânia e da Faixa de Gaza, não nos tem, ajudado”, disse.

Umaro Sissoco Embaló sublinhou que países como a Guiné-Bissau continuam a ter de importar a inflação por via de preços elevados da energia, dos alimentos e dos transportes, situação que agrava o custo de vida dos guineenses e dificulta mais ainda a luta  contra a pobreza.

“Como sempre tenho feito, prometo continuar a exercer a minha magistratura de influência, tendo em vista a necessidade de atenuar, na medida do possível, os impactos negativos internos que resultam de uma conjuntura internacional desfavorável, que não podemos controlar”, disse.

O chefe de Estado afirmou que, uma boa campanha de comercialização da Castanha de Caju é essencial para todos:  para as famílias guineenses, para os comerciantes e exportadores e diz que é  também  muito importante para a arrecadação de receitas de Estado.

“É por estas razões que esta campanha de comercialização de castanha de caju não pode falhar”, aconselhou o Presidente da República.

Para além do presidente Mama Samba Embaló foram empossados nove vice-presidentes, oito vogais que constituem a nova direção da CCIAS, eleitos a 27 de Janeiro passado. LPG/AC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031