Select Page

Comissão Permanente do MADEM-G15 condena detenção do deputado e dirigente Bamba Banjai

Comissão Permanente do MADEM-G15 condena detenção do deputado e dirigente Bamba Banjai

(ANG) – A Comissão Permanente do Movimento para Alternância Democrática (MADEM-G15) condenou  a detenção do seu dirigente e deputado Bamba Banjai e do ativista político Queba Sané vulgo (R.Kelly) e manifestou a total solidariedade para  as vítimas.

A condenação dos mademistas vem expressa num comunicado à imprensa datado 27 de Fevereiro, produzido após numa reunião presidida pelo Coordenador  Nacional do partido, Braima Camará, na presença de 17 dos seus 28 membros e de 3 representantes de cada uma das organizações sociopolíticas convidadas nomeadamente, a  Juventude, mulheres e quadros de Madem(JUADEM), MUADEM e QUADEM.

Segundo o comunicado, à que a ANG teve acesso hoje, a agenda de trabalhos dessa reunião teve o único ponto que é a “Análise  da atualidade política nacional face as organizações sociopolíticas do partido e o Secretariado Nacional, em cumprimento do despacho do Coordenador Nacional   sobre a carta da JUADEM, de 22 de Fevereiro de 2024.

A Comissão Permanente deliberou  privilegiar o diálogo para obtenção de amplos consensos politicos nacionais para   a estabilização e desenvolvimento do país, e ultrapassar eventuais  divergências  internas e reforçar  a unidade e coesão no seio do MADEM-G15.

Esse órgão partidário condenou sem especificar ou identificar os declarantes, declarações de militantes e dirigentes do partido, sem mandato e fora das normas e regras estabelecidas nos estatutos, e que diz terem posto em causa a unidade e coesão interna do partido.

À propósito recomenda ao  Conselho Nacional de Direitos a tomada de diligências necessárias e urgentes, nos termos dos estatutos, para a audição, penalizalição e sanção competente dos infratores.

O Madem G-15 se depara com uma crise interna que divide dirigentes envolvendo o coordenador do partido para a Sector Autónomo de Bissau, Sandji Fati, de um  lado e vários outros dirigentes nomeadamente o deputado Bamba Banjai e outros doutro lado.

Ainda nessa reunião de terça-feira, a Comissão Política do partido exortou os militantes do partido a cerrar fileiras e trabalhar  com afinco e determinação no sentido para o reforço da coesão interna, e pede a todos para denunciarem qualquer  tentativa ou ato de desestabilização das estruturas regionais, setoriais, zonas e bases.

O órgão condena tentativas de criação, no seio do MADEM-G15, de “movimentos de desestabilização, de quaisquer origens, natureza ou provinência”.

O deputado  e dirigente do MADEM-G15, Bamba Banjai, foi detido na terça-feira, após ser ouvido durante oito horas, na Segunda Esquadra de Bissau.

A   detenção de Bamba Banjai aconteceu pouco mais de 24 horas após o coordenador do seu partido, Braima Camará ter consentido para que fosse ouvido, afirmando em declarações à imprensa, à saída do Ministério do Interior, que o deputado e outros membros do MADEM-G15 notificados para responder na Segunda Esquadra, deveriam ser ouvidos, mas acompanhados dos seus advogados. ANG/JD/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930