Select Page

Comunicação Social SINJOTECS preocupado com invasão e expulsão dos profissionais da Rádio e Televisão Nacional

Comunicação Social SINJOTECS preocupado com invasão e expulsão dos profissionais da Rádio e Televisão Nacional

(ANG) – O Sindicato  dos Jornalistas e Técnicos da Comunicação Social da Guiné-Bissau (SINJOTECS) diz, em comunicado, ter registado com preocupação, a invasão e expulsão dos profissionais da Rádio e da Televisão públicas da Guiné-Bissau por homens armados, e consequente expulsão de profissionais destes órgãos, na passada segunda-feira, após o anúncio da dissolução da Assembleia Nacional Popular.  

A reação do  Sindicato vem expressa numa nota à imprensa com data de 07 de Dezembro, em que a organização da classe jornalística guineense classifica a açºao de homens armados nos dois órgãos de comunicação social “uma afronta à liberdade de imprensa e de expressão, e um atentado a segurança dos profissionais”, que se encontravam apenas a cumprir o seu dever laboral.

A organização condena com veemência este ato que considera de “indigno” num Estado de direito democrático e pede que ações do género não voltem a acontecer.

A organização sustenta  que a informação é um bem público e a liberdade de imprensa uma essência deste bem, enquanto  direitos consagrados na Constituição da República da Guiné-Bissau.

 O SINJOTECS manifestou  ainda sua preocupação  em relação as “campanhas de  desinformação e ataques aos profissionais de comunicação”, por parte de alguns círculos de propaganda do regime.

“Nesta senda, o SINJOTECS vem exortar a sociedade guineense e a Comunidade Internacional a estarem atentas à estas manobras que têm como fito restringir a liberdade de imprensa e de expressão, intimidar os profissionais comprometidos com a ética e a deontologia profissional e promover a censura nos órgãos públicos de informação”, refere a nota.

Apela  aos profissionais a observância das leis tendentes a promover um jornalismo de qualidade, equidistante de quaisquer círculos de interesse.

Após a dissolução da ANP e consequente demissão do Governo, a RDN e TGM foram invadidas por homens armados que pediram chaves de carros e de gabinetes. ANG/JD/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31