Select Page

Cooperação / PR reafirma vontade de Guiné-Bissau e Senegal trabalharem juntos pela paz e prosperidade dos dois povos

Cooperação / PR reafirma vontade de Guiné-Bissau e Senegal trabalharem juntos pela paz e prosperidade dos dois povos

(ANG) – O Presidente da República afirmou hoje que há vontade de a Guiné-Bissau e Senegal trabalharem juntos ,lado a lado, pela paz,estabilidade e prosperidade das populações dos dois países.

Sissoco Embaló falava no âmbito  da visita do novo Presidente da República do Senegal  à Guiné-Bissau,afirmando que o objectivo comum das duas Nações,continua a ser uma maior aproximação entre os países e governos da CEDEAO e a promoção de uma cooperação franca e próspera para o desenvolvimento económico e social destes países.

“Continuaremos a trabalhar juntos, no seio da União Africana e na cena Internacional pela preservação da paz mundial e promoção do multilateralismo ,bem como pela convivência pacífica entre os estados “,garantiu o chefe de Estado guineense.

O Chefe de Estado senegalés Bassirou Diomaye Faye agradeceu a forma como foi recebido,frisando que um guineense no Senegal é senegalés e vice-versa.

Acrescentou que estando na Guiné-Bissau é como se estivesse no seu país e quando o Presidente Sissoco esta no Senegal é a mesma coisa.

Faye agradeceu ao Chefe de Estado guineense pela sua presença durante a sua investidura no cargo que ocupa agora e diz que demonstra  as excelentes relações de amizade entre os dois países.

“ Senegal e a Guiné-Bissau como o Presidente acabou de dizer, estamos ligados pela história, questões de família, a geografia, a amizade e a cooperação. Os nossos antecessores conseguiram fazer desta união uma vantagem, que vamos continuar a transmitir, porque o recebemos e devemos passar estes valores duma forma mais aprofundada à nova geração”,defendeu Faye.

O Chefe de Estado senegalés declarou  a sua determinação de trabalhar com o seu homólogo guineense para reforçar os laços históricos,  e diz que é  necessário que assim seja.

Disse que  o Senegal está disponivél, tal como fez no passado, para  acolher estudantes guineenses e funcionários ,no quadro da formação contínua, para o reforço de  capacidades.

“Os dois países podem e devem fazer ainda mais uma vez que não devemos ir procurar lá fora o que podemos encontrar nas duas Nações. E é por isso que eu queria convidar o setor privado dos dois países para multiplicarem esforços e os recursos para aproveitarem as opurtunidades para o aumento do volume  de negócios,trocas comerciais e investimentos privados”,referiu.

Bassirou Faye salientou haver uma  grande comissão mista através da Agência de Gestão e Cooperação entre Senegal e da Guiné-Bissau que deve  ser convocada num prazo a indicar, para acompanhar e reforçar a intensidade da cooperação bilateral .

Em relação à questões sub-regionais, regionais e internacionais assegurou  que os dois país terão sempre uma posição concertada  antes de tomar uma decisão, uma vez que partilham o que os outros não partilham .

Trata-se da terceira visita ao estrangeiro, de Bassirou Diomaye Faye, depois da Mauritânia e da Gâmbia , desde que assumiu a Presidência do Senegal no passado  02 de Abril .

ANG/LPG//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031