Select Page

Diplomacia / Ministro dos Negócios Estrangeiro  diz que visita Diomaye Faye demontra  interesse que o país tem  para  Senegal

Diplomacia / Ministro dos Negócios Estrangeiro  diz que visita Diomaye Faye demontra  interesse que o país tem  para  Senegal

(ANG) – O ministro dos Negócios Estrangeiro ,da Cooperação Internacional e das Comunidades disse que a visita de Bassirou Diomaye Faye à Guiné-Bissau demonstra  o interesse que os países vizinhos representam para o Senegal.

Carlos Pinto Pereira que falava hoje à imprensa, após  Declação Conjunta dos  chefes de Estados Umaro Sissoco Embaló e o seu homólogo do Senegal, Bassirou Diomaye Faye, no âmbito de uma visita de algumas horas  ao país.

 “ Trouxe uma visita de amizade para testemunhar a sua disponibilidade para trabalhar com o Po residente Sissoco Embaló para fortalecimento das  relações entre a Guiné-Bissau e o Senegal,no reforço da nossa capacidade de intervenção ao nivel da Comunidade dos Estados da Africa Ocidental (CEDEAO) e uma concertação permanente no plano internacional”, disse Pinto Pereira.

Sobre a reunião que houve entre delegações dos dois países, Pinto Pereira disso que foi “muito Importante”, na medida em que permitiu a aboradagem de um conjunto de ações nas áeas de cooperação que interessam os dois países.

Neste encontro, segundo o Carlos Pereira, foi notória  na delegação senegalesa a presença, além do sua homóloga dos Negocios Estrangeiros, a dos  ministros da Energia, dos Recurso Naturais e da Defesa.

“São  áreas que o Presidente do Senegal quis  sinalisar para que haja uma compreensão de que os dois países devem continuar a cooperação para  explorar, em conjunto, os recursos próprios.

Os dois países partilham uma zona de exploração de recursos marinhos e uma zona em que se acredita haver petróleo comercializável.

O ministro dos Negócios Estrangeiro da Guiné-Bissau anunciou que ficou acordado  que os dois governos convocassem  uma reunião da comissão mista para passar em revista os tópicos da cooperação.

Instado a confirmar  se esta comissão vai substituir a outra, disse que é uma instância em que os dois governos se encontram e fazem a avaliação daquilo que é a sua cooperação e o  que se vai fazer.

“Vamos identificar todas as áreas que neste momento estão em ação e todos aquelas que possam iniciar alguma colaboração entre os dois países e sentar a mesma mesa para encontrar  soluções para os nossos problemas”, disse Carlos Pinto Pereira.

Para o chefe da diplomacia guineense, o fundamental é manter o espírito de não procurar fora o que se pode encontrar nos dois países.

Carlos Pinto Pereira saúdou a forma como o Presidente do Senegal foi acolhido em Bissau pela população, não só pelos senagaleses, mas também  pelos guineenses.

“Quero com isso chamar a  atenção aos nossos concidadãos que estão fora de que a política se faz cá e  é aqui que quando temos que  criticar podemos criticar e não lá fora. Fora temos que prestigiar as nossas instituições” destacou Pinto Pereira, que apelou a comunidade guinense no estrangeiro a repensar  o seu comportamento perante as autoridades no exterior. 

ANG/LPG//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031