Select Page

Cultura/Musico Nelson Bomba pede mais intervenção do Governo no combate à criminalidade  no país

Cultura/Musico Nelson Bomba pede mais intervenção do Governo no combate à criminalidade  no país

(ANG) – O músico guineense Nelson Bomba pediu esta sexta-feira a  intervenção do Governo no  combate à onda de criminalidade verificada com frequência no país, nos últimos tempos.

Nelson Bomba falava em exclusivo à ANG na sequência de agressões   que sofreu, na madrugada do dia 17 de Fevereiro findo, quando estava a sair de uma serenata, em que participou, no bairro de Chão de Pepel/ Varela concretamente na zona de Santo Barato.

“Eu estava a sair da serenata acompanhado do meu primo e estávamos a caminhar e fomos até a entrada de Belém, de repente escutei algo acontecendo com o meu primo, virei para perguntar o que realmente estava a passar, daí que vi  homens encapuzados com catanas nas mãos, e um deles lançou uma pedra que me acertou  na cara, caí e  fiquei inconsciente. O meu acompanhante pediu socorro aos guardas que estavam perto, mas, infelizmente,  não conseguimos ajuda de ninguém”, contou.

Nelson Bomba acrescentou  que, depois de ficar inconsciente no chão o seu primo saiu para procurar um táxi com o objectivo de levá-lo ao Hospital Nacional Simão Mendes, e que no meio disso acabou por despertar, e o seu primo chegou e foram para o Simão Mendes onde receberam a primeira assistência médica.

“Devido a agressão  perdi três dentes e acabei de sair do hospital de Quinhamel para tirar os restantes  dentes, e me disseram que, dentro de três semanas poderei  recolocar outros dentes”, explicou Nelson Bomba.

O  músico disse  que os  assaltantes levaram o seu telefone, um fio de ouro que usava e seu bolchete com outro telefone de uma pessoa, uma quantia de dinheiro no valor de 16.000  francos CFA, um fio de prata, uma nota de 100 dólares, uma nota de moeda moçambicana, nota do antigo dinheiro da Guiné-Bissau que é o peso que ele colecionava.

“Aproveito esta oportunidade para agradecer aos guineenses em geral por solidariedade demonstrada e para agradecer em particular os músicos nacionais que me apoiaram financeiramente através das suas contribuições. Também agradece o jogador Piquete Djassi que me ofereceu. Individualmente. 100.000 francos CFA e ao Zé Braima  que igualmente me enviou a mesma quantia. Sem esquecer do Mc Mário que me enviou 50.000 Francos, entre outros”,disse .

Nelson Bomba diz que de momento está a diligenciar para ir ao estrangeiro fazer tratamento e agradece ao Ministério da Cultura pela disponibilidade de o apoiar por forma a prosseguir tratamento fora do país.

O músico de renome recebeu esta sexta-feira a visita da Diretora-geral da Cultura, Cíntia Cassamá, que se deslocou, em nome do Governo, para se inteirar do estado de saúde do músico e das suas necessidades.

Cíntia Cassamá prometera diligenciar para que o músico possa, o mais rápido possível, realizar o seu desejo de prosseguir tratamento médico no estrangeiro.

Nelson Bomba que anima as noites de Bissau em serenatas e festas particulares ganhou maior notoriedade quando lançou a música “Otcha Mundo i era mel pa mi”(Quando o mundo era mel para mim)ANG/AALS/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930