Select Page

”É urgente a criação de Laboratório de Certificação de qualidades de medicamentos no país”, dizporta-voz da Farmácia Sónia

”É urgente a criação de Laboratório de Certificação de qualidades de medicamentos no país”, dizporta-voz da Farmácia Sónia

(ANG) – O porta-voz da empresa grossista de importação e venda de medicamentos, Sónia Farmácia Lda, defendeu hoje que  é urgente a criação de um Laboratório de Certificação de qualidades de medicamentos no país.

Malick Kamará, em entrevista exclusiva concedida hoje à ANG, afirmou que, com a criação desse dispositivo, o Governo vai poder controlar e acabar com a entrada de medicamentos de origem duvidosa no país e ao mesmo tempo combater o seu contrabando.

Questionado sobre qual é a proveniência dos medicamentos importados pela Farmàcia Sónia Lda, aquele responsável disse que todos os seus produtos são carimbados com certificados de análises do país da proveniência e que são reconhecidos pelas autoridades sanitárias competentes da Guiné-Bissau.

“Em cada importação que fizemos, sempre apresentamos o certificado de origem e qualidade dos medicamentos importados ao Ministério de Saúde, como entidade que concede as licenças e que fiscaliza a operação das empresas grossistas”, salientou.

Malick Kamará disse que, a Sónia Lda sempre pautou pelo cumprimento de regras constantes no Caderno de Encargo, que decide a atribuição de licenças de importação.

Abordado sobre o efeito e a dimensão de circulação de medicamentos duvidosos no país, o médico farmacêutico e proprietário da Farmácia Moçambique,  Ahmed Akhdar  disse que, a criação de um Laboratório de Certificação de qualidades de medicamentos no país, vai diminuir os riscos nos pacientes que medicam por um período longo e sem o efeito, devido a própria ineficácia de medicamentos que está a receber
.

Perguntado sobre qual é a capacidade logística da Sónia Lda para abastecer todo o território nacional com medicamentos essenciais, Kamará diz que realmente enfrentam enormes dificuldades nesse sentido, devido às más condições das estradas, mas promete,  para breve, a abertura de sucursais da empresa em diferentes partes do interior do país.

O Governo da Guiné-Bissau atribuiu em dezembro do ano 2022, licenças para três empresas no mercado de importação e venda de medicamentos, com base num concurso lançado para o efeito e ganhos pelas empresas Sónia Farmácia Lda, a Sofargui Lda e a Guifarma Lda. ANG/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930