Select Page

Ministério Público ordena detenção de 22 polícias alegadamente envolvidos na morte de “Abdul Carimo Sani” em “Plack 2”

Ministério Público ordena detenção de 22 polícias alegadamente envolvidos na morte de “Abdul Carimo Sani” em “Plack 2”

(ANG) – O Ministério Público (MP) em colaboração com o Ministério do Interior (MI), ordenou, segunda-feira, a detenção de 22 policiais pertencentes a Sétima Esquadra do Bairro de “Plack 2”, alegadamente envolvidos no espancamento até a morte, de “Abdul Carimo Sani”, jovem de 18 anos de idade, e residente no mesmo bairro.

Segundo a  Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH) a operação de detenção dos referidos policiais foi possivel graças a ministra do Interior Adiatu Djaló Nandigna, em resposta a um pedido de colaboração institucional feito pelo magistrado titular do processo.

A mesma página acrescenta que, os detidos por alegado envolvimento no caso “Abdul Carimo Sani”, ocorrido no dia 01 de Setembro, aguardam a legalização das respetivas prisões preventivas solicitadas pelo Ministério Público, para posterior  termos processuais.

De acordo com a LGDH, a atuação do Ministério Público (MP) e assim como do Ministério do Interior (MI), encoraja as autoridades judiciais no sentido de prosseguirem com as investigações, para a tradução à justiça e eventual responsabilização criminal de todos os implicados no espancamento, até a morte, de “Abdul Carimo Sani”.

“A LGDH apela ao Ministério Público (MP), o alargamento das investigações à outros acontecimentos semelhantes, nomeadamente, o caso de “Ivandro Armando Valentim, brutalmente espancado no dia 04 de Outubro de 2023”, lê-se na pagina oficial da LGDH no faceboock.ANG/LLA//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031