Select Page

Noventa e quatro por cento de Deputados querem reabertura do Parlamento

Noventa e quatro por cento de Deputados querem reabertura do Parlamento

(ANG) – Os partidos políticos reunidos na Coligação PAI/Terra Ranka e o Fórum de Salvação da Democracia ( MADEM-G15, PRS e APU-PDGB), através do Presidente do parlamento guineense, entregou um documento à sede da União Interparlamentar em Genebra, que também foi dirigida ao Presidente da Comissão da CEDEAO, e  a todos os Chefes de Estado e de Governo dessa organização.

Na nota à imprensa do Gabinete do Presidente da Assembleia Nacional Popular, tornada pública , segunda-feira(24), lê-se que “a carta em referência, foi assinada pelos dirigentes máximos da Plataforma de Aliança Inclusiva Terra Ranka (PAI-TR) e pelo Fórum de Salvação da Democracia (FSD) que agrupa os partidos MADEM-G15, PRS e APU, correspondendo assim a mais de 94% do hemiciclo nacional, casa da democracia guineense”.

De acordo com a nota assinada pelo Domingos Simões Pereira, a missiva entregue à União Interparlamentar expressa “o consenso dos partidos políticos guineenses quanto à interpretação das modalidades para o retorno à normalidade democrática na Guiné-Bissau e respeito pela ordem constitucional, nomeadamente, através da reabertura e funcionamento da ANP, a marcação imediata das eleições presidenciais para o corrente ano, a reposição do Supremo Tribunal de Justiça e a legalização da constituição e funcionamento da Comissão Nacional de Eleições”.

“Manifestam ainda os subscritores da carta, o interesse de que a força militar da CEDEAO estacionada no país retome o seu mandato original de apoio à estabilização do país e reforço da segurança geral da população e das instituições da República e não a missão a que se tem remetido, de acompanhamento das ações repressivas do Presidente da República”, lê-se.

Na nota, o Parlamento guineense sublinha que “com esta diligência, os partidos políticos da Guiné-Bissau, devidamente representados pelo Presidente da ANP, solicitam da UIP a assistência junto dos Estados membros da CEDEAO por forma a deliberarem na Cimeira de Julho, evitando-se assim uma maior escalada da tensão política e o imediato retorno à normalidade”.ANG/E-Global

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Anúncio – Participe do FGI

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031