Select Page

Pequim adverte que independência de Taiwan e paz são incompatíveis

Pequim adverte que independência de Taiwan e paz são incompatíveis

Bissau, 10 Abr 23 (ANG) – O governo chinês afirmou hoje que a “independência de Taiwan e a paz e estabilidade” no Estreito da Formosa são incompatíveis, numa altura em que o exército chinês prossegue com manobras militares em torno da ilha.

O porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Wenbin, disse que a questão de Taiwan é “um assunto puramente interno da China” e que a “maior ameaça à paz em Taiwan” são “atividades separatistas e o conluio com forças estrangeiras”.

O porta-voz espera que a comunidade internacional “entenda a essência da questão de Taiwan”, “respeite firmemente o princípio ‘Uma só China’” e “se oponha a qualquer tipo de atividade separatista” na ilha.

Wang reiterou o que exército chinês disse no último sábado: “As manobras são um sério aviso para as forças separatistas taiwanesas e são necessárias para proteger a soberania nacional e a integridade territorial”.

O exército chinês enviou dezenas de caças e navios de guerra para próximo de Taiwan, nos últimos dias, após o encontro entre a líder da ilha, Tsai Ing-wen, e o presidente da Câmara dos Representantes do Congresso dos Estados Unidos, Kevin McCarthy, na Califórnia.

A China disse ainda que mobilizou caças com “munição real” e o porta-aviões Shandong para executarem “ataques simulados” em alvos importantes de Taiwan.

O ministério da Defesa de Taiwan condenou as manobras da China, descrevendo-as como “um ato irracional que põe em risco a segurança e a estabilidade regional”.

No final da Segunda Guerra Mundial, Taiwan integrou a República da China, sob o governo nacionalista de Chiang Kai-shek. Após a derrota contra o Partido Comunista, na guerra civil chinesa, em 1949, o Governo nacionalista refugiou-se na ilha, que mantém, até hoje, o nome oficial de República da China, em contraposição com a República Popular da China, no continente chinês.

Pequim considera a ilha parte do seu território e ameaça a reunificação através da força, caso Taipé declare formalmente a independência. ANG/Lusa

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930