Select Page

Pescas/Ministro anuncia existência de um stock de cerca de 500 mil toneladas de pescado nas águas territoriais do país

Pescas/Ministro anuncia existência de um stock de cerca de 500 mil toneladas de pescado nas águas territoriais do país

ANG – O ministro das Pescas garantiu que os resultados apresentados, confirmam a existência de cerca de 500 mil toneladas de pescados nas águas territoriais da Guiné Bissau.

Dionísio Pereira falava na quinta-feira, na apresentação dos resultados da pesquisa da quantidade e de espécies de pescado, que existe no mar da Guiné Bissau, feita pelo navio do Reino da Espanha, que indica um stock de 500 mil toneladas em diferentes tipos.

“A avaliação feita em 2022 apontam para existência de 300 mil toneladas do stock e com esta nova pesquisa registamos um aumento de 200 mil toneladas ou seja saímos de 300 para 500 mil toneladas”, vincou o governante.

Dionísio Pereira disse os resultados estão bem detalhados, e mostram que realmente o país é rico em termos dos recursos haliêuticos, frisando que o referido estudo permitiu ainda saber, por exemplo da reserva de camarão e carapau entre outros.

“Agora vamos conversar com os técnicos da pesca para definir formas de emissão de licenças, por cada tipo de peixe, para salvaguardar um determinado tipo de pescado, tendo em conta a sua qualidade”, prometeu.

Disse que, os dados são válidos não só para o país, mas também para União Europeia e outros parceiros tanto bilaterais como multilaterais.

Afirmou que, para fazer uma gestão do pescado e outros tipos de recursos é preciso recorrer um trabalho com base na ciência,  salientandom que,  foi neste quadro que o Barco do Reino de Espanha esteve no país no início do mês de novembro no âmbito da parceria entre os dois países.

 “Todos os países desenvolvidos baseiam a sua gestão de recursos pesqueiros, na ciência e nós também para progredir temos que confirmar as nossas ações com base na ciência, então neste quadro que enquanto ministro das Pescas vamos basear a nossa gestão ao longo desta legislatura na ciência”, prometeu Dionísio Pereira.

Disse que, isto significa que, a primeira actividade a ser realizada é de fazer pesquisa no mar para saber a quantidade e tipo de recursos do pescado que existe e a partir daí organizar para uma gestão durável, no sentido de ser útil para todos e para gerações vindouras.

“Os trabalhos de investigação com os técnicos nacionais é o que hoje apresentam os resultados que confirmam aquilo que têm sido afirmação de várias pessoas de que o país dispõe de grande quantidade de pescado no mar”, afirmou.

Revelou na ocasião que, o Governo, através do Ministério da Pescas, mandou comprar frigoríficos com capacidades  de um tonelada de peixe cada, para instalar nos postos de vendas, por exemplo, no sector de Boé, Contubel e Pirada,em cumprimento da promessa do Governo de fazer peixe chegar e ser consumida pelo povo guineense, sob lema, “ nó Pis na riba casa”, num preço acessível.

Instado falar para quando o anúncio da redução do preço do pescado no mercado nacional, Dionísio Pereira esclareceu que, apesar de o Governo ainda não anúnciou, a redução do preço, já está-se a registar uma ligeira baixa dos preços, por causa de algumas medidas que foram adotados.

Informou que actualmente o governo conseguiu reduzir o preço de combustível para os pescadores de 800 para 500 franco por litro.

A título de exemplo, o ministro das Pescas revelou que uma caixa de peixe tipo carapau de 20 kg que as vendedeiras comprava por 35 mil francos CFA, desceu para 14 mil francos, uma redução superior à 50 por cento. ANG/LPG/ÂC

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31