Select Page

Regiões/Oito idosos morrem em Sâo Domingos por terem sido obrigados a ingerir  medicamentos tradicionais para se confirmar se são ou não feiticeiros

Regiões/Oito idosos morrem em Sâo Domingos por terem sido obrigados a ingerir  medicamentos tradicionais para se confirmar se são ou não feiticeiros

(ANG) – Oito idosos acusados de feitiçaria, na sua maioria mulheres, morreram, quarta-feira, (21)  em Coladje, setor de São Domingos, região de Cacheu, no norte do país, por terem sido obrigados a beber medicamentos tradicionais, para  confirmar se são ou não feiticeiros.

A informação foi avançada ao O Democrata pelo Administrador do setor de São Domingos, Carlos Sadjo,que diz que  21 pessoas que beberam aquele medicamento tradicional doados por um vidente estão a receber assistência médica no hospital Bacar Mané, em São Domingos.

“Esta é a segunda vez que esse ato  acontece na seção de Suzana. Aconteceu em Suzana e o assunto foi gerido como foi gerido. Tivemos a informação de que o assunto se encontra no tribunal, mas desconhecemos o seu desfecho”. Disse Sadjo.

Acrescentou que desta vez, o caso se repetiu  em Coladje.

“Eu estava a caminho de São Domingos, ligaram-me, informando-me do sucedido. Registaram-se 8 mortos. Neste momento, 21 pessoas estão a ser atendidas em São Domingos. É triste e lamentável. Acho que é chegado o momento de pormos ponto final a este assunto”, referiu.

O administrador de São Domingos pede justiça e diz tratar-se de um recurso a violência contra idosos.

“Não se pode admitir que os idosos sejam submetidos a um tratamento tradicional, porque são frágeis. É urgente que a justiça seja feita para desencorajar estes tipo de atos de feitiçaria” insistiu Carlos Sadjo.

Segundo O Democrata, que cita uma fonte que não identificou o vidente em causa,  mais de três dezenas de idosos foram submetidos a uma prática tradicional, na tarde de quarta-feira,  para se  descobrir se eram ou não feiticeiros, mas a intenção não foi bem sucedida. 

Em entrevista aos jornalistas, o diretor clínico do hospital Bacar Mané de São Domingos, N’Ghala Nawaie, informou que, das 21 pessoas, 19 estão fora de perigo e que duas (2)  ainda estão em perigo de morte. 

O jornal On line de O Democrata relata que outra fonte revelou  a presença das autoridades policiais em Coladje, na tarde de quarta-feira, mas  que não conseguiram deter o vidente, por não se encontrar na tabanca.

A acusação de prática de feitiçaria tem sido um fenómeno recorrente um pouco por toda parte na Guiné-Bissau. ANG/O Democrata

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930