Select Page

Representante do Secretário-geral da ONU insta autoridades nacionais a continuarem a trabalhar para estabilização do país

Representante do Secretário-geral da ONU insta autoridades nacionais a continuarem a trabalhar para estabilização do país

Bissau, 05 Set 23(ANG) – O Representante  Especial do Secretário  Geral da ONU  e Diretor do Escritório para África  Ocidental e Sahel, instou, segunda-feira, as autoridades nacionais a continuarem a trabalhar para a estabilização do país a fim de atrair mais investimentos.

Leonardo Santos Simão que falava aos jornalistas depois do encontro com Chefe de Estado guineense, disse que a  Guiné-Bissau deu um passo na normalização da vida política com a criação das instituições tais como  a Assembleia Nacional Popular e o Governo, frisando que o país teve  momentos difíceis no passado.

“Para a ONU este é um primeiro passo que vai depois criar condições para que haja mais investimentos interno e externo que cria riqueza, emprego sobretudo para os jovens” sublinhou.

Informou que Umaro Sissoco lhe transmitiu os esforços que estão em curso e a prática democrática existente  entre as instituições das diferentes forças políticas, todas elas unidas com o mesmo objetivo de tornar o país mais próspero.

Questionado sobre a sua tarefa durante os dois dias de permanência na Guiné-Bissau, respondeu que terá encontros com diferentes atores políticos com a mesma mensagem para que continuem a trabalhar para tornar o país mais estável a fim de atrair mais investimentos.

Em relação aos sucessivos golpes de Estado que estão a acontecer em África Ocidental, Santos Simão respondeu que há países que estão bem, nomeadamente, Cabo Verde, Togo, Libéria e Costa de Marfim mas que outros  estão a ter desafios: o Mali, Burkina Faso e Níger.

Simão disse que estas situações são preocupantes, mas que  já visitou todos os países com problemas de golpes sempre com a mesma mensagem de encorajamento as partes envolvidas, para que através do diálogo encontrem o caminho  para ultrapassar os problemas existentes.

Durante os dois dias de visita à Guiné-Bissau Leonardo Simão deverá ainda realizar encontros com lideres de partidos políticos  com assento no parlamento e como  Corpo Diplomático Acreditado  na Guiné-Bissau.ANG/JD/ÂC//SG

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829