Select Page

Senegal/ONU pede inquérito independente sobre repressão e mortes de manifestantes

Senegal/ONU pede inquérito independente sobre repressão e mortes de manifestantes

 (ANG) – O Alto-Comissariado da ONU para os Direitos Humanos (ACNUDH), disse na terça-feira estar “profundamente preocupado” com a grave crise política no Senegal, gerada pelo anúncio do adiamento das eleições presidenciais, denunciando um “recurso inútil e desproporcional à força contra os manifestantes e, crescentes restrições do espaço cívico”.

Segundo declarações da porta-voz da ACNUDH, Liz Throssell, durante uma conferência de imprensa em Genebra: Pelo menos três homens jovens foram mortos durante as manifestações que até aqui ocorreram e, foram detidas pelo menos 266 pessoas em todo o país, incluindo jornalistas.

A mesma porta-voz acrescentou que: “Devem ser rapidamente conduzidos inquéritos aprofundados e independentes e, os responsáveis têm de prestar contas.

Soube-se por outro lado que a internet móvel foi suspensa no Senegal esta terça-feira, num dia em que estava prevista uma manifestação mas que, foi entretanto proibida pela segunda vez desde o início desta crise política, pelas autoridades governamentais.

O governo do Senegal justificou tal proibição por via de um comunicado do Ministério das Telecomunicações e do Digital, dizendo que Devido às mensagens de ódio de carácter subversivo, que já provocaram manifestações violentas, a internet móvel de dados foi suspensa , terça-feira, 13 de Fevereiro”.

ANG/RFI

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Videos Recentes

Loading...

Siga-nos

Abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930